Você está aqui: Home Cotidiano Empresa nega irregularidades no manejo de lixo hospitalar

Empresa nega irregularidades no manejo de lixo hospitalar

Empresários dizem que regularizam situação junto ao Imac

Representantes da empresa Preserva Tratamento de Resíduos informaram que o galpão denunciado na semana passada por armazenamento irregular de lixo hospitalar está sendo regularizado.

A empresa do Estado de Rondônia foi contratada pela Secretaria de Estado de Saúde para coletar e incinerar lixo hospitalar. Fotografias feitas pela Polícia Ambiental mostram um possível carregamento de tambores contendo o lixo dos hospitais de Rio Branco.

Um dos representantes da empresa, Kinho Brito, informou que as fotos mostram o primeiro transbordo para os caminhões que levaram os resíduos para Rondônia e que o galpão ainda não está servido de depósito.

“O local está sendo preparado e já recebeu a vistoria do Corpo de Bombeiros faltando apenas a licitação do Imac. Assim que passar essa etapa, o lixo será coletado nos hospitais e ficará em tambores de plástico no galpão até completar uma carga. Depois será levado para Rondônia”, explicou.

Segundo Kinho Brito, esses tambores e a forma de armazenamento não oferecem riscos de acidentes com o meio ambiente.

Segundo a empresa, o lixo pode ficar até 15 dias armazenado nos tambores. E para a regularização todas as medidas de seguranças estão sendo tomadas.

O contrato da Reserva é por seis meses. Ela assumiu a vaga da empresa Liberdade Ambiental que enfrentou diversos problemas e provocou crimes ambientais na coleta e depósito do lixo hospitalar.

agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081

Fique Conectado