Você está aqui: Home Cotidiano Represa de igarapé rompe e casas ficam alagadas

Represa de igarapé rompe e casas ficam alagadas

Prejuízo para famílias do Albert Sampaio

A represa de igarapé que passa pela propriedade do Senador Sérgio Petecão pode ter rompido e alagado 40 casas no bairro Albert Sampaio, na BR-364. Durante a madrugada uma forte enxurrada invadiu as residências que ficam na parte mais baixa do bairro. As famílias não tiveram tempo de tirar os móveis.

A dona de casa Maria de Lurdes buscava dentro da casa cheia de água encontrar os documentos dos filhos e do marido. Descobriu apenas que estava tudo perdido. Ela conta que era duas e meia da manhã quando sentiu o barulho na casa, ao acender a luz o quarto estava cheio de água e em poucos minutos tudo estava tomado. “Só deu tempo de tirar as crianças, nem roupas sobrou para a gente se trocar. Nunca vi isso aqui, a água chegou rápida e com força”, lembrou.

A aposentada Maria Helena, de 70 anos, tem problemas na perna e não pode andar. Só não foi afogada porque vizinhos tirara ela no braço. “Estava dormindo quando acordei com as pessoas me chamando. O quarto já estava cheio de água. Perdi tudo que levei anos para comprar”, disse a idosa desolada.

Na pressa para salvar as vidas, as famílias deixaram para trás animais de estimação.

Como fica fora da parte urbana de Rio Branco, o bairro Albert Sampaio é cercado de propriedades rurais. São vários açudes para criação de peixes. Eles ficaram cheios e segundos os moradores eles não suportaram a força da água.

Com vídeos em seus celulares os moradores mostram uma grande fissura em um dos açudes do Senador Sérgio Petecão, que seria o responsável pela forte enxurrada que alagou as casas.

No final do bairro é possível ver sangradouros dos açudes jongado água para o igarapé, principalmente da Embrapa e da chácara do senador, por isso a água não baixa, deixando as famílias sem poder voltar para casa.

Os moradores ficaram revoltados com a falta de ajuda do governo e da prefeitura. Passaram a madrugada e parte da manhã telefonando para a Defesa Civil e segundo eles, não receberam ajuda.

agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081

Fique Conectado