Você está aqui: Home Cotidiano Síndrome Alcoólica Fetal é explicada a mulheres

Síndrome Alcoólica Fetal é explicada a mulheres

Mães do São Francisco sabem mais sobre doença

Em alusão ao mês de combate à Síndrome Alcoólica Fetal (SAF), grupo de grávidas do bairro São Francisco participa de palestras para esclarecimento sobre a doença que afeta bebês de mães que ingeriram álcool durante a gravidez.

De acordo com dados do Ministério da Saúde, um em cada 100 bebês nascidos vivos no Brasil são diagnosticados com SAF. "São crianças que nascem com distúrbios como déficit intelectual, déficit de comportamento neuropsicomotor, entre outros", explica a enfermeira Ângela Oliveira.

Ângela tem a missão de explicar através de palestras os riscos que o álcool traz aos bebês que estão prestes a nascer a um grupo de grávidas. Elas foram convidadas a participar de sete encontros, sempre às quartas feiras, no Centro de Referência e Assistência Social (CRAS) do bairro São Francisco.

"Quando a gente começa a abordar a temática, algumas delas relatam que bebiam, mas a partir do momento que soube que estava grávida eu deixei de beber. Outras comentam que conhecem pessoas grávidas que continuam ingerindo bebida alcoólica e que também vão levar essas informações para elas e chamando também essas grávidas que participem também desses momentos dessa ação educativa e preventiva", explica a enfermeira.

Francisca das Chagas espera o sétimo filho e afirma que, quando jovem, não sabia dos riscos de ingerir álcool na gravidez e isso causou problemas de saúde em uma das filhas.

"Eu tenho uma filha de 15 anos. Ela nasceu prematura devido ao álcool. Eu tinha 18 anos à época e a gente fez bastante estripulia e afetou um pouco ela", relatou.
As palestras, segundo Francisca que está grávida de sete meses estão sendo esclarecedoras. "Na parte do SAF, para mim, é novidade. A palestra está sendo bem educativa. Para quem não foi mãe e não tem esse conhecimento é informação que vem a calhar no momento", afirma.

O grupo de grávidas que ganhou o nome de "Nascer com amor" é uma ação promovida em parceria entre a Secretaria Municipal de Saúde e o CRAS do São Francisco. Ao final, o projeto prevê a entrega de kits bebê, às mães que participam das atividades.

agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081

Fique Conectado