Você está aqui: Home Cotidiano Carnaval organizado pelo governo é cancelado

Carnaval organizado pelo governo é cancelado

Nota da prefeitura diz que decisão foi tomada após análise técnica

O anúncio de que o carnaval organizado pelo governo seria realizado na Avenida Brasil pegou muita gente de surpresa. As providências começaram a ser tomadas. O estado chegou, inclisive, a firmar parcerias com a iniciativa privada para pagar a festa.

Mas na noite desta quinta-feira, a prefeitura de Rio Branco emitiu uma nota comunicando que nao iria permitir que o carnaval do governo fosse realizado na Avenida Brasil.

O documento diz ainda que a prefeitura não pretende impedir a festa e recomenda, ainda, que os organizadores busquem outros pontos da cidade para fazer o carnaval.

O comunicado que pegou todos de surpresa, dessa vez, partiu da prefeitura.

A nota diz ainda que a decisão foi tomada após uma análise técnica baseada no código de conduta de posturas do município. Os argumentos apresentados são de que o evento geraria problemas ao funcionamento do trânsito e do transporte coletivo e poderia, ainda, comprometer o patrimônio público.

Ao tomar conhecimento dessa decisão, a Secretária de Empreendedorismo e Turismo do estado, Eliane Sinhazique, convocou uma coletiva para anunciar qual seria o posicionamento do estado a partir de agora.

“Nós entendemos que aquele espaço seria um espaço fantástico, inovador, um ponto de convergência, no centro da cidade, fácil acessibilidade, então nós já tinhamos tomado todas as providências em relação a isso, mas como não temos essa liberação, não vamos dar murro em ponta de faca e nós estamos suspendendo a realização e a organização do carnaval promovido pelo governo do Estado com recursos totalmente da iniciativa privada”, afirma Eliane Sinhazique, Secretária empreendedorismo e turismo.

Também esteve presente na coletiva, o Presidente da Associação Comercial do Acre , Celestino Oliveira. Ele lamentou os prejuizos financeiros que o cancelamento do carnaval irá gerar ao estado, já que o evento iria mobilizar pelo menos 90 profissionais da música, 60 microempreendedores da economia solidária, 30 seguranças privados, 9 artistas grafiteiros, as equipes do projeto Catar, de som, de palco e de iluminação.

“Alguns segmentos aguardam este momento para expor suas mercadorias, para vender mais e pode ter certeza que vai prejudicar alguns segmentos, malharias, lojas de festas, enfim...”, declara o presidente da ACISA, Celestino Oliveira.

Sobre a possibilidade do carnaval ser realizado em outro espaço, como sugeriu a nota emitida pela prefietura, a secretária ja descartou essa possibilidade.

“A gente não cogitou um plano B porque justamente os planos B apresentados foram Arena e Gameleira, como eu já falei gameleira cansado, arena inviável, o ideal seria realmente no centro da cidade, próximo ao terminal, onde as pessoas teriam mais facilidade para acessar esse espaço de folia”, conclui a secretária de empreendedorismo e turismo.

agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081

Fique Conectado