Quarta-Feira, 16 de Outubro de 2019
Você está aqui: Home Cotidiano Profissionais realizam palestras contra o trabalho infantil

Profissionais realizam palestras contra o trabalho infantil

Alunos conheceram o fórum trabalhista de Rio Branco

Qualquer tipo de trabalho, até os 13 anos de idade, no Brasil, é proibido. A partir dos 14 a legislação permite na forma de aprendiz. O assunto, que é uma triste realidade enfrentada no mundo inteiro, é motivo de muitas campanhas educativas.

No dia 12 de junho é celebrado o Dia Mundial contra o Trabalho Infantil. No Acre, alunos do colégio militar foram convidados a conhecer de perto, as ações, os trabalhos, as dificuldades e os desafios das equipes que atuam no fórum trabalhista de Rio Branco.

“O nosso objetivo é formar os nossos alunos da melhor maneira possível com essa consciência cidadã com vista para os direitos humanos, ética para que eles possam contribuir para sociedade acreana e também para o Brasil”, disse o Diretor do Colégio Militar, Major Agleison Alexandrino.

“A criança precisa realmente estar na escola estudando para que nós possamos realmente mudar a paisagem do nosso Brasil onde nós podemos incluir essas crianças na escola para que tenhamos um futuro melhor”, falou a Diretora da Secretaria do Fórum Trabalhista, Maria de Nazaré.

O fórum trabalhista de Rio Branco mantém ações constantes de combate ao trabalho infantil. São programas sociais como o "Justiça do Trabalho vai à escola" e o "Justiça do Trabalho de portas abertas". E foi essa prática que atraiu a atenção dos estudantes.

Durante a visita, eles assistiram palestras, conheceram como o fórum funciona, a separação dos setores e das varas e, principalmente, tiveram a chance de participar de uma audiência de verdade.

A juíza Joana Maria de Alencar aproveitou o momento para conversar com os estudantes, ressaltando que lugar de criança é na sala de aula, e nunca sendo explorada para qualquer tipo de trabalho. “Hoje a gente estava conversando com eles, explicando o que a legislação permite, o que não permite, explicando um pouco do funcionamento da justiça do trabalho e eles assistiram uma audiência, é uma oportunidade interessante para todos os alunos”, ressaltou.

Uma manhã bem diferente, com muito aprendizado e que, com certeza, vai ficar na memória desses alunos.

“É muito incrível, interessante demais a experiência que nós tivemos aqui, foi maravilhosa, foi única, foi uma assistência que nós tivemos de extrema importância e com certeza vai levar todos nós a um caminho brilhante no futuro”, concluiu o estudante, Henrique Filho.

agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081



Fique Conectado