Terça-Feira, 23 de Julho de 2019
Você está aqui: Home Cotidiano Aumenta procura por vacina contra meningite nas unidades de saúde

Aumenta procura por vacina contra meningite nas unidades de saúde

Casos confirmados da doença deixaram acreanos em alerta

A preocupação com os casos recentes de meningite fez com que os pais corressem para as unidades de saúde para imunizar os filhos. Na policlínica Barral y Barral, por exemplo, são realizadas cerca de 50 vacinas por dia.

“Minha sogra ontem ainda me assustou dizendo que estava feio o negócio, então eu resolvi trazer ela”, disse o autônomo Reivy Luz de Souza, que procurou a unidade para vacinar a filha.

A Secretaria de Saúde do Estado descartou um surto da doença, mas está em alerta, monitorando possíveis novos casos. O governo chegou a emitir uma nota oficial para falar que não é necessária uma vacinação em massa e qualquer alteração no perfil epidemiológico será reavaliada a possibilidade de intensificação de vacinação. Caso isso ocorra, diz a nota, a população será amplamente informada.

Na capital, a prefeitura também intensificou as ações. A coordenadora de vigilância epidemiológica, Socorro Martins, explicou para quem as doses estão disponíveis pelo Sistema Único de Saúde. “são as crianças menores de 1 ano, que faz duas doses e um reforço com 1 ano. Nós também temos mais um reforço para os adolescentes de 11 a 14 anos, então esse público é que deve ser vacinado, que deve procurar a unidade de saúde para fazer a vacina.”

Quem não tomou a vacina nessa faixa etária, não pode mais se imunizar na rede pública.

“Quando tem um caso confirmado da meningite bacteriana as pessoas que são mais próximas a esse caso, o médico entra com tratamento com essas pessoas, por profilaxia” garantiu a coordenadora.

agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081



Fique Conectado