Hospital do Amor começa atendimento para mulheres

Unidade espera realizar oito mil procedimentos por mês

Os atendimentos no Hospital de Amor começaram para o público feminino. A unidade vai realizar exame preventivo do câncer de colo uterino (PCCU) conhecido também como papanicolau, além da mamografia.

O local, que faz parte do Instituto de Prevenção ao Câncer do Hospital de Barretos, iniciou o agendamento para esses procedimentos, que devem ocorrer em agosto.

As mulheres de 25 a 64 anos farão o PCCU, já as 40 a 69 anos a mamografia, em caso de alguma alteração nesses exames, as pacientes serão encaminhadas para a consulta.

“Destacando que o Ministério da Saúde preconiza que a mamografia da mulher tem que ser feita a partir dos 50 anos, eles só pagam os estados financeiramente pelos exames realizados a partir dos 50, a fundação Pio XII começa a rastrear a partir dos 40 anos considerando os estudos técnicos e científicos que o câncer inicia antes da faixa etária de 50 anos, então, estamos atendendo esses dois públicos, estamos iniciando hoje com toda população feminina chegando pela manhã e não tem término desse cadastro”, disse o diretor do Hospital do Amor, João Paulo Silva.

O hospital espera realizar oito mil procedimentos por mês, entre exames e consultas. As unidades móveis vão passar pelo interior do estado, também com atendimento em mastologia e ginecologia.

“Nós vamos chegar aos municípios através das nossas carretas, unidades móveis, lembrando que cada carreta tem um mamógrafo móvel e nós temos uma capacidade instalada de fazer 50 mamografias por dia e 70 coletas de PCCU em cada carreta”, explicou o diretor.

A partir de agora, esse cadastro será feito todos os dias. Quem procurou atendimento, já conseguiu agendar o exame desejado.

“Como eu não tinha feito no posto, nós não conseguimos ficha, é preciso se deslocar até o posto de madrugada e é bem complicada essa questão por isso eu preferi vir para cá, cheguei 6h30m e rapidinho consegui a ficha”, falou a dona de casa, Marilene Ferreira de Melo.

Para fazer o cadastro, a mulher precisa se dirigir até a unidade, na BR-364, próxima a upa do segundo distrito, de oito ao meio dia, ou de duas às cinco da tarde, com carteira de identidade, cpf, cartão sus e comprovante de endereço.