Motoristas do Uber fecham via pública na capital

Protesto acontece após um colega sofrer agressão

Motoristas que atendem por aplicativos Uber, fecharam um movimentado cruzamento, no bairro Estação Experimental, na manhã desta sexta-feira. O grupo protesta contra a agressão sofrida horas antes por um de seus colegas.

O jovem agredido teve escoriações diversas pelo corpo. Motoristas afirmam que cerca de 15 taxistas são responsáveis pela agressão, que aconteceu na Rodoviária da cidade.

Enquanto os motoristas Do aplicativo chamavam atenção, em protesto contra a violência sofrida pelo colega, os taxistas buscam a polícia. Na Delegacia de Flagrante, eles alegaram que o Uber estava abordando passageiros, o que é proibido.

Os Urbe´s desmente a acusação. As autoridades em Segurança Pública buscam uma saída pacífica para a questão e tentam evitar que as categorias entrem em conflito mais uma vez. Os envolvidos serão ouvidos pelo delegado Roberth Alencar.