Quinta-Feira, 17 de Outubro de 2019
Você está aqui: Home Cotidiano Famílias indígenas Venezuelanas se refugiam em Rio Branco

Famílias indígenas Venezuelanas se refugiam em Rio Branco

Grupo pede ajuda principalmente para as crianças

Grupo indígena da etnia Warao do Nordeste da Venezuela e fronteira com a Guiana Francesa, estão em Rio Branco com medo da situação política do país e em busca de alimentos escassos por conta do embargo americano ao governo de Nicolas Maduro.

Brisaida Rivero Borges,20 anos, grávida de 3 meses, morava no município de Antônio Diáz, estado Nueva Esparta, diz não ter planos de voltar para seu país. “Viver na Venezuela não é mais seguro e não tem alimentos para população. Estamos num grupo de 6 pessoas que fugimos por Pacaraima (RR), seguindo por Manaus (AM), Porto Velho (RO) até chegar aqui para tentar a sorte,” revela Borges.

Outro membro do grupo, Erny José, conta que homens e mulheres estão pagando diárias de R$ 15,00 numa casa simples de madeira e durante o dia buscam ajuda em semáforos para poder comprar comida e fraldas para uma criança de 5 meses, que faz parte do grupo. Interessados em ajudar principalmente a jovem grávida e as crianças entrar em contato pelo telefone (69) 99397-6636.

agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081



Fique Conectado