07 Agosto 2017 Written by 

Há uma questão básica na ação que o Governo pretende mover contra operadoras que viabilizaram sinal para os presídios: a tipificação do crime.

Grana

Teve deputado federal que recebeu R$ 14 milhões em emendas para votar contra o pedido de investigação do presidente Michel Temer. Ao deputado Major Rocha (PSDB), foram oferecidos R$ 7 milhões. Rocha recusou até conversar com o presidente.

Desistência

A Antonov, empresa ucraniana que fabrica peças de avião, sondou o Governo do Acre, interessada em se instalar na ZPE. Foram tantas as exigências, que a empresa desistiu e foi se instalar em outro lugar.

Nervosos

Pessoal que apoia a candidatura Ney Amorim (PT) ao Senado anda bastante nervoso nesses últimos dias. Tudo porque a candidatura vem sofrendo duros golpes dentro do partido, por parte do principal adversário.

Igual

Não adianta dizerem por aí que a oposição vai para a eleição 2018 rachada. O PT também vai. Prova disso são as duas candidaturas ao Senado. A de Ney Amorim é a principal dor de cabeça, do grupo de Jorge Viana, no entendimento de alguns.

Na agulha

O PT está num mato sem cachorro. Nos bastidores políticos, todos sabem que se o esforço do grupo de Jorge Viana for muito grande, existe a possibilidade de Ney Amorim sair do PT para manter a candidatura ao Senado. Não sai só. Leva um grupo expressivo com ele.

Na espreita

Diversos partidos estão na espreita, tentando abocanhar Ney e seu grupo. O PDT é um deles. Mas, ninguém se surpreenda se o destino de Ney Amorim e seu grupo for o PSDB.

Mata ...

Se conseguir levar Amorim & Cia para o ninho tucano, o presidente da executiva estadual, deputado Major Rocha, mata dois coelhos com uma só cajadada: 1º) tem a possibilidade real de fazer um senador e 2º) mata a pau a oposição que sempre lhe fez oposição.

... a pau

Se conseguir levar Ney Amorim (PT), o PSDB esmaga com as duas mãos o PMDB, partido considerado o principal empecilho para a candidatura Rocha/senador, que resultaria na possibilidade de uma candidatura tucana ao governo do estado na próxima eleição.

Atrás

Na sexta-feira, assim que os apoiadores de Ney Amorim ao Senado subiram para o gabinete dele, logo após uma reunião com lideranças do PT, o deputado Major Rocha (PSDB) subiu atrás. Pelo que se sabe, sempre é bem recebido!

Trocados

Jorge é o governador que Tião nunca será. Tião é o senador que Jorge nunca conseguirá ser. A análise sobre os irmãos Viana que é feita nos bastidores políticos da taba.

Bloqueadores

Governo do Acre diz que vai acionar judicialmente empresas que estavam operando na área dos presídios estaduais. A Secretaria de Estado de Segurança Pública alega que as empresas estavam tratando os presos como consumidores e, por decisão, ampliando o sinal de celular para além dos bloqueadores.

Como?

Há uma questão muito prática nessa judicialização do problema: a falta de tipificação do crime. O próprio Instituto de Administração Penitenciária encontra dificuldades de responsabilizar criminalmente as empresas.

Paradoxo Tostines

É certo que ao preso todos os direitos constitucionais estão garantidos, exceto a liberdade. Todos os direitos inclui, por dedução, o direito do Consumidor. Mas, tratar um presidiário como um consumidor comum torna vulnerável toda a sociedade. E claro, somado a isso, é certo que toda a situação expõe a incompetência do Estado em impedir a entrada dos aparelhos. 

Torres

Foram instaladas 6 torres. O lugar virou uma espécie de “zona morta” para sinal de celular. Daí as represálias em forma de ações incendiárias.

Já sabia

O Governo do Acre alega que já esperava essa reação. Só não sabia onde. E os bloqueios devem se estender para mais unidades do interior. E, mais uma vez, haverá mais problemas de forma pontuada.

Refém

Quem sempre leva a pior nesse processo é a população de baixa renda. São trabalhadores pobres, muitas vezes com famílias desestruturadas, que batalham pela sobrevivência, com escolas na comunidade de performance duvidosa, infraestrutura urbana precária e postos de saúde na UTI. A cena é sempre essa. Há uma falsa impressão de segurança repassada pelos grupos criminosos: há algumas facções que trabalham essa imagem de que “onde o Estado não está, o crime substitui as ações do Estado”. Isso até acontece, mas, por um período breve de tempo.

Desabafo

“Ola bom dia! quero fala sobri o bairro farhat aqui do lado da expoacre. E o seguinte quando esta na época da expoacre as governos mandam as maquinas pra enganar o população aqui passa a expoacre as maquinas some pq em os próprios funcionários da empresa que estavam aqui dissem que por falta fe pagamento isso e um pouca vergonha”.

Desabafo II

A fala é de uma moradora enviada para a produção da TV Gazeta.

PSB

O Partido Socialista Brasileiro (PSB) fez 70 anos. Comemorou com o alfinete na mão. No Acre, é o partido que mais cresce nas articulações políticas dentro da Frente Popular. Ocupa espaço deixado pelo PCdoB. Mas, na celebração, a frase “o PSB é o partido mais fiel ao PT na Frente Popular” soa como uma foice e um martelo na cabeça.

Sugestões, críticas e informações O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.



agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081

Fique Conectado