Sábado, 15 de Junho de 2019
20 Abril 2018 Written by 

Veloso, que foi filiado ao PSDB graças a uma manobra muito estranha, deixou o ninho tucano ao ser trocado pelo presidente estadual do partido, Major Rocha, como vice de Gladson Cameli (PP).

Fato

O núcleo político da oposição do Acre, durante os próximos dois dias, foi transferido para a chácara Boi Cagão, do senador Sérgio Petecão (PSD). Por lá, deverão passar políticos de todos os matizes. Que não cause surpresa a presença (até) de Marcio Bittar (MDB) por lá.

Olhai para vós

O deputado Jonas Lima (PT) tem uns rasgos de consciência dignos de registro. Ao ver petistas e comunistas comemorarem a prisão do secretário municipal de Agricultura de Tarauacá, Gleiçoney Fernandes, chamou a atenção: “E os nossos por acaso fizeram diferente? É preciso olhar para o próprio rabo, antes de comentar”. Ponto para Jonas.

Praga...

A implosão da carreira política do oftalmologista Eduardo Veloso está sendo explicada por um político evangélico como “praga”. Veloso se envolveu com assuntos ocultos ao financiar a estátua de Giordano Bruno para o primo dele, Bruno Borges, explicou o pastor. A explicação, obviamente, só contempla os fundamentalistas. Mas, o certo é que Eduardo Veloso não emplacou.

... pega

Veloso, que foi filiado ao PSDB graças a uma manobra muito estranha, deixou o ninho tucano ao ser trocado pelo presidente estadual do partido, Major Rocha, como vice de Gladson Cameli (PP). Veloso conseguiu se filiar ao PSDB depois de cooptar o presidente municipal do partido Francineudo Costa. A promessa de financiamento da campanha foi decisiva na negociação. Francineudo filiou algumas pessoas que em assembleia aprovaram o nome de Veloso. A executiva estadual soube da filiação do oftalmologista pela imprensa.

Mudança

Eduardo Veloso (milionário, dizem...) ficou revoltado quando Gladson Cameli anunciou a substituição do nome dele pelo do Major Rocha e se desfiliou do PSDB. O oftalmologista filiou-se então ao PR de Antônia Lúcia e, desde então, orbita no baixo clero da política acriana sem muitas chances de ascender.

Golpe

A imposição do Major Rocha (PSDB) à Gladson Cameli se auto indicando vice foi um golpe não só em Veloso e no MDB, mas, principalmente em Francineudo Costa. Mostrou que no feudo dele (Rocha) só existe espaço para o amém às decisões do líder. Qualquer insurgência será punida.

Opostos

Ainda bem que Rocha é vice do Gladson e não do Coronel Ulysses! Já pensou se os dois militares se unem e de quebra ainda apoiam o Bolsonaro? Iam colocar o povo do Acre todinho em ordem unida para mostrar autoridade.

Overdose

Gleice Damasceno continua liderando os posts no Facebook e fomentando discussões no WhatsApp, mesmo depois da final do BBB. Agora, a grande questão é se ela falou mesmo “Lula Livre”, ou não. E, como tudo acaba no samba do crioulo doido mesmo, o desabafo da garota já está servindo para os radicais religiosos criticarem por ela não ter agradecido a Deus pela vitória.

Vida real

Envolvidos nessa discussão estéril estão políticos e religiosos. Impressiona como a vida real é trocada por uma vida virtual. As pessoas perdem a noção. Envolvem-se em questões que não lhes acrescenta nada e se dispõem a brigar, levar as coisas até as últimas consequências. Como se não bastassem os problemas reais.

Desculpas

As desculpas dos vereadores da Capital para aprovar o famigerado Estatuto da Família, proposto pela Associação dos Pastores Evangélicos, são as mais absurdas possíveis. Tem deles que alega que a Maçonaria é a favor do Estatuto. Com a palavra, os Mestres Maçons.

Expoacre 2018

A Expoacre 2018 vai ter duração menor do que os tradicionais 9 dias. É possível que aconteça entre os dias 1 e 5 de agosto somente. Por quê? Simples: custos. Fazer uma festa daquelas custa dinheiro. E, por mais que o governo teime em retirar do evento o espírito de “grande arraial”, é isso o que, de fato, ele prova ser.

Se...

Se fosse diferente, os negócios gerados a partir da feira bancariam o evento.

Mas...

Mas, o Governo ainda deve definir, junto com os empresários os melhores dias para a realização. Mas, que haverá redução da duração do evento, isso é a única certeza que se tem.

Sugestões, críticas e informações O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.



agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081

Fique Conectado