12 Junho 2018 Written by 

O líder do PT na Aleac diz que o Governo trabalha para conter a violência. Prova disso são as blitzen em vários pontos da Capital, inclusive às 5 horas. Seria bom saber em que terra o parlamentar vive e que bandido anda na rua tão cedo.

Pacto da Covardia

Deputado Gehlen Diniz (PP) disse em alto e bom som que o Governo do Estado tem um pacto de não agressão com as facções criminosas que atuam no Acre: permite regalias dentro do presídio em troca de uma falsa tranquilidade na Capital. Tranquilidade que se restringe ao condomínio Ipê, onde moram o governador, deputados e empresários, porque no resto da cidade a insegurança impera.

Insistência

A deputada Leila Galvão (PT) mostra ser a maior interessada na venda das ações do Dom Porquito. Todo o dia, Leila pede para colocar a matéria do Executivo em pauta. O problema é que se colocar em votação, a matéria será derrotada, porque a maioria dos deputados da base não tem a pretensão de se aposentar da vida política e a avaliação é que nesse momento aprovar uma matéria dessas é suicídio político.

Viajandão

O governador Tião Viana (PT) está de malas prontas para mais uma viagem internacional. Desta vez, o chefe do Executivo estadual vai para o Japão. Lá vai o deputado Ney Amorim (PT) ter que sumir do mapa e parar de fazer campanha para o Senado.

Gastos

O governador está gastando mais com a campanha para evitar a eleição de Ney senador do que em investimentos na campanha do irmão dele, Jorge Viana. Nessa brincadeira, o PT corre o risco de perder as duas vagas de Senado. A pesquisa já mostrou que Sérgio Petecão (PSD) e Marcio Bittar (MDB) estão muito bem na foto. E o MDB nacional vai jogar pesado (dinheiro), na campanha de Marcio, amigo de Temer.

Casada

A oposição conseguiu fazer o voto casado para o Senado, enquanto a FPA briga entre si, para tirar votos do Ney Amorim. Estratégia que já mostrou ser equivocada. Mas, o governador não aceita conselhos... Enquanto isso, Minoru Kinpara cresce e se cacifa para ser o futuro prefeito da Capital.

Defesa...

O líder do PT na Assembleia Legislativa diz que o Governo do Estado trabalha para conter a violência. Prova disso, segundo o deputado, são as blitzen realizadas diariamente em vários pontos da Capital, inclusive aquelas às 5 horas da manhã. Seria bom saber em que terra o parlamentar vive em que bandido anda pela rua às 5 da manhã.

... torta

Não adianta nada o deputado Lourival Marques (PT), ou qualquer outro vir defender essas blitzen durante o dia, principalmente em horário de trabalho, porque o povo já nominou de “Blitz de Arrecadação do PT”. Ou seja, quanto maior o número de blitzen, maior a rejeição ao partido. O que dizem é que essas fiscalizações são realizadas para arrecadar dinheiro para a campanha de Marcus Alexandre. Pode até não ser verdade, mas a ideia já pegou.

Blitz

Para concluir o assunto Blitz: se a intenção é pegar veículos irregulares, porque não pegam os ônibus? As informações são de que 90% da frota que circula em Rio Branco está em situação irregular. E, se as blitzen são pegar bandidos, por que não pegam? Apresentaram algum bandido pego em blitz?

Sugestões, críticas e informações O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.



agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081

Fique Conectado