27 Junho 2018 Written by 

Dos 20 mil alunos que integram o 1º Ciclo do Ensino Fundamental, o que os educadores da Capital desconfiam pelos números analisados é que os alunos do 5º ano têm desempenho melhorado.

Falta de ar

Os deputados não realizaram sessão nesta terça-feira porque o aparelho de ar condicionado do plenário não estava funcionando. O que inicialmente soa como “frescura” tem suas razões. É que de acordo com o Regimento Interno, os deputados não podem permanecer no plenário sem paletó. E de paletó sem ar condicionado é difícil mesmo.

Crise

A crise financeira pela qual a Assembleia Legislativa está passando faz parte do pacote de “ajustes” do governador Tião Viana (PT). No início do mandato, como a situação estava difícil, o Executivo pediu a compreensão e colaboração dos outros poderes. O Legislativo então abriu mão de uma série de verbas sob a promessa governamental de devolvê-las em alguns meses. Nunca devolveu! Em tempos de crises para todos, não devolver o dinheiro que se combinou soa até como maldade.

Reafirmação

A tentativa da assessoria da vice-governadora em justificar a ausência de Nazareth Lambert acabou confirmando a ideia que as constantes viagens do governador são para prejudicar a campanha de Ney Amorim (PT), ao Senado. A assessoria de Nazareth se apressou em corrigir a informação que ela havia viajado para a Noruega com o governador. Nazareth não saiu do Brasil. Só saiu do Acre pelo mesmo período que Tião estiver afastado do Estado. A mesma coincidência de sempre.

Aprendeu rápido

Mas, Ney Amorim, ao que parece, aprendeu rápido. Por não poder por os pés no Acre para não se tornar inelegível, participou de uma reunião com empresários na noite desta segunda-feira, por videoconferência. É bom Tião mudar a estratégia. Só viajar não está mais atrapalhando tanto assim a campanha de Ney.

Pensando em si

Enquanto isso, o senador Jorge Viana (PT) descola a campanha dele de Marcus Alexandre (PT). Sinal claro que as coisas não andam boas para o candidato ao governo do estado pela FPA.

À deriva

O Brasil parece um transatlântico à deriva. Prestes a naufragar. A sucessão de medidas inexplicáveis do governo Temer (MDB) só encontra semelhança nos atos do governo Tião Viana. A mais recente do Governo Federal foi determinar o fechamento da Receita Federal no município de Sena Madureira.

Caos

Com o fechamento da Receita Federal em Sena Madureira, a população desse município e a de Manoel Urbano terão que se deslocar para a capital para as opções simples de CPF e CNPJ. A menos que a bancada federal resolva se mexer. O fechamento está marcado para 6 de julho.

Paralela

Prefeitura de Rio Branco faz uma análise paralela ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. A “contabilidade paralela” tem relação com o desempenho dos alunos do 5º ano e já foi enviada pelo Inep às escolas públicas do município.

Prova Brasil

Dos 20 mil alunos que integram o 1º Ciclo do Ensino Fundamental, o que os educadores da Capital desconfiam pelos números analisados é que os alunos do 5º ano têm desempenho melhorado. Frisando: não são estimativas oficiais do Inep que só deve divulgar os números no fim de setembro. Mas, desempenho bom de aluno de 5º ano indica que as séries iniciais, desde a Primeira Infância, têm alunos com o conteúdo sendo apreendido.

4 escolas

Das escolas com alunos de 5º ano, apenas quatro têm estudantes com desempenho classificado como “adequado”. As demais têm desempenho apontado como “avançado”.

Campanha

Com divulgação oficial prevista para setembro, esse assunto tem possibilidades de subir palanque. Mesmo que sejam palanques virtuais.

E o Ensino Médio?

Ainda não foram divulgados também os dados sobre o Ensino Médio. A diretoria de Ensino da Secretaria de Estado de Educação informa que os números estão sendo enviados pelo Inep diretamente às escolas e ainda não foi feita a reunião de todos os dados. Mas, a seguir a tendência da última avaliação, o cenário não é nada animador.

Alvo

Os jovens do Ensino Médio são os que mais estão vulneráveis às ações de facções nas periferias das cidades acrianas. A taxa de evasão (abandono) e a taxa de reprovação puxam os índices do Acre para baixo. É o público para quem a Educação mais tem perdido o encanto. E o sentido.

Sugestões, críticas e informações O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.



agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081

Fique Conectado