04 Julho 2018 Written by 

Declaração do diretor de Polícia Civil afirmando que as vítimas das chacinas “não eram santos” repercutiu muito mal em todo o Estado e deve ser anexada à peça enviada pela promotoria criminal ao Tribunal de Justiça.

Pela boca

Declaração do diretor de Polícia Civil afirmando que as vítimas das chacinas “não eram santos” repercutiu muito mal em todo o Estado e deve ser anexada à peça enviada pela promotoria criminal ao Tribunal de Justiça. O documento questiona a ineficiência dos delegados na elucidação dos homicídios e sugere se não seria melhor distribuir os inquéritos pelos MPE.

Nepotismo

Prefeito de Cruzeiro do Sul, Ilderley Cordeiro (MDB), que está em contagem regressiva para a perda do mandato, nomeia a irmã dele, Idelcleide Cordeiro, chefe de Gabinete.

Farda & Política

Cerca de 200 mulheres ligadas às forças armadas vão disputar um cargo eletivo nas eleições deste ano, sem despertar muito interesse nas eleitoras que veem nelas uma casca feminina em ideias ostensivamente masculinas e excludentes.

Incoerência na política

O general aposentado Hamilton Mourão, que é declaradamente favorável a uma intervenção militar no Brasil, decidiu disputar a presidência da República pelo PRTB, em dobradinha com o eterno candidato folclórico Levy Fidelix. O nanico PRTB não tem nenhum parlamentar eleito nesta legislatura, mas Mourão não descarta a possibilidade de se aliar a Bolsonaro.

Cadê a Marina?

Até o momento não se ouviu um pio dos “ambientalistas” contra o projeto aprovado na Comissão de Agricultura e Pecuária da Câmara dos Deputados, que limita a venda direta de alimentos orgânicos. O interessante é que o relator do projeto contra os alimentos orgânicos, Luiz Nishimori (PR/PR) é o mesmo do projeto que facilita o uso de agrotóxicos, que também foi aprovado numa comissão especial da casa.

Apavorado

O senador Jorge Viana (PT), que nunca enfrentou uma rejeição tão grande como agora (em torno de 35%, quase igual à de Marcio Bittar), anda preocupado com a possibilidade de não conseguir a reeleição. Sem mandato fica mais difícil retomar o Governo do Estado, que é o alvo.

Sobram candidatos

O deputado Major Rocha (PSDB), vice de Gladson Cameli (PP), é outro que sonha com o Executivo. O plano de Rocha é se lançar à sucessão de Gladson que já se considera eleito.

Sobram candidatos II

Na disputa pela presidência da Assembleia Legislativa também sobram candidatos. Além de Vagner Sales (MDB), que já determinou que será o próximo presidente do poder, o deputado Daniel Zen (PT), atual líder do governo, também quer o cargo. A disputa nos bastidores está muito interessante.

Só que...

Quem deve estar bem tranquila por saber que terá muito trabalho, mas muito dinheiro a receber, é a assessoria jurídica de Vagner Sales. Para que ele seja formalmente candidato vai ter muito processo para ser revisto.

Sugestões, críticas e informações O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.



agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081

Fique Conectado