04 Janeiro 2019 Written by 

A briga para conquistar a 1ª Secretaria da Mesa Diretora da Aleac vai ser boa. Pelo MDB, Roberto Duarte; pelo PSDB, Luiz Gonzaga. O cargo vale a pena. Depois da presidência, não há cargo mais importante na Casa.

Enquadrado

Ulysses Araújo deve se despedir da pretensão de ser candidato a prefeito de Rio Branco. O PSL local não engoliu a presepada dele durante a campanha, quando chegou a anunciar a retirada da candidatura. Na ocasião, ele foi enquadrado pelo partido, mas o caso deixou sequelas.

Contraditório

Espera-se, entre outras mudanças que ocorrerão em âmbito nacional, a mudança do nome do PSL. Afinal, com membros e militantes que se posicionam agressivamente contra o socialismo, a filiação a um partido que tem um “social” no nome deve ser uma tortura, embora tenha a complementação “liberal” na sequência o que vem a ser outra contradição. Afinal, ou é “social” ou é “liberal”. O resto é desconhecimento político.

Fogo Amigo

A presidente do Sinteac, Rosana Nascimento, só não é secretária de Educação porque foi derrubada pelo colega de partido Carlitinho Cavalcanti. Fogo amigo existe em qualquer partido. Mas, independente da sigla, o estrago sempre é grande.

Apostas

A central de apostas abriu a temporada para o jogo: mulheres que vão deixar os maridos nos próximos dias. A disputa se refere aos que perderão os mandatos até fevereiro. Três nomes estão liderando, embora um deles dependa ainda de uma decisão judicial.

Líder

Martelo batido: Gahlen Diniz (PP) será o líder do governo Gladson Cameli na Assembleia Legislativa. Vai provar agora a inversão dos papéis.

Mais um

Mais um escândalo ameaça abalar os alicerces da pequena Senador Guiomard. O crime de pedofilia envolvendo "cidadão de bem", daqueles que fazem discursos em defesa da “família tradicional” já vem sendo investigado há algum tempo. O caso já está maduro e deve vir a público nos próximos dias.

Tempo

Ao se convencer da necessidade de retirar sua candidatura à presidência da Assembleia Legislativa sob pena de expor o governador Gladson Cameli ao ridículo, o deputado Gehlen Diniz pediu tempo para avisar seus escudeiros Antônio Pedro ( DEM), Wendy Lima (PSL) e Jonas Lima (PT).

Breve

Jonathan Donadoni (MDB), do grupo político do cacique do Juruá, Vagner Sales, foi empossado na vaga de Eliane Sinhasique. É só o tempo de receber um mês de salário e está fora. É a tal da regra interna desnecessária, porque nem convocação extraordinária terá.

1ª Secretaria

A briga para conquistar a 1ª Secretaria da Mesa Diretora da Aleac vai ser boa. Pelo MDB, Roberto Duarte; pelo PSDB, Luiz Gonzaga. O cargo vale a pena. Depois da presidência, não há cargo mais importante na Casa. Tudo passa pela caneta do 1º secretário.

Palácio Rio Branco

Nessa disputa, é importante o Palácio Rio Branco se manter afastado: o “efeito Sebrae” ainda não passou. E se Gonzaga pode ter o apoio informal do vice-governador Wherles Rocha, Duarte tem um respaldo mais representativo: o MDB que, nessas eleições, trouxe os três mais votados da Aleac, além de um senador e dois deputados federais. A conferir.

Sugestões, críticas e informações O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.



agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081

Fique Conectado