Sábado, 15 de Junho de 2019
21 Maio 2019 Written by 

Criticar o governo pela criação de mais 450 cargos é a postura ideal aos parlamentares de oposição? As gestões petistas permitem a crítica a Gladson nesse assunto?

REFORMA

Hoje (21), a sessão na Aleac promete ser agitada e polêmica por causa dos debates em torno da segunda Reforma Administrativa proposta pelo Governo do Estado. O ponto mais polêmico deve girar em torno da criação de mais 450 cargos comissionados. Somados aos 900 cargos já existentes, o Palácio Rio Branco terá 1.350 cargos na administração direta.

OPOSIÇÃO

Como a oposição deve votar e o tom que deve dar ao debate é algo ainda por ser visto. Criticar o governo pela criação de mais 450 cargos é a postura ideal aos parlamentares de oposição? As gestões petistas permitem a crítica a Gladson nesse assunto?

POR QUÊ?

O governo percebeu que não é possível governar apenas com o discurso fácil da "máquina enxuta". A gestão da política exigiu o recuo do Palácio Rio Branco. O fortalecimento da relação com a base passa, necessariamente, por essa discussão. E isso tem um custo financeiro. Há impacto na folha ainda não tornado transparente já que o Portal do Governo não tem sido tão transparente. A democracia tem um preço. É preciso entender isso.

DIFERENTE

Poderia ser diferente? O Governo poderia não criar mais cargos, ou destinar os gastos com esses cargos para o comércio local? Qual seria o impacto real disso? Sem dúvida, circularia mais dinheiro no comércio local, mas e a sustentabilidade política? Em um regime democrático elementar, um parlamento hostil pode inviabilizar um governo.

PARADO

Nesses primeiros cinco meses de governo, do ponto de vista econômico, nada foi feito ainda. O lançamento do Plano de Recuperação da Economia, orçado em R$ 840 milhões, não disse a que veio. Nem licitações estão sendo feitas. Se os economistas estão prevendo crescimento do país em torno de 1,5%, o Acre deve registrar ou estagnação ou recessão. O IBGE já contabilizou o desemprego no Acre em 18%.

KfW

O banco de fomento alemão teve que ensinar à equipe de Gladson que não estimula a agricultura em grande escala. "Soja" é um substantivo que o banco não sabe e nem quer saber de estimular na região.

Sugestões, críticas e informações O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.



agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081

Fique Conectado