Domingo, 22 de Setembro de 2019
25 Junho 2019 Written by 

Esta semana e a seguinte são vitais para a empresa Peixes da Amazônia. Ou o Governo do Acre aporta algo em torno de R$ 150 a R$ 200 mil até o dia 30 de junho ou a empresa terá a falência decretada

PEIXES DA AMAZÔNIA

Esta semana e a seguinte são vitais para a empresa Peixes da Amazônia. Ou o Governo do Acre aporta algo em torno de R$ 150 a R$ 200 mil até o dia 30 de junho ou a empresa terá a falência decretada. Esse recurso baixo é necessário para garantir a manutenção dos custos até que seja aprovada a recuperação judicial. O governador Gladson Cameli deve decidir sobre o assunto. Uma reunião estava agendada com representantes da direção da empresa, mas a crise gerada pelo episódio Mara Rocha atrapalhou a agenda.

PEIXES DA AMAZÔNIA II

Na Reforma Administrativa, a Peixes da Amazônia ficou vinculada diretamente à Secretaria de Estado de Meio Ambiente. Não há nenhum fundamento lógico para isso. Lembrando que o jovem secretário de Estado Israel Milani é um concorrente no setor, cuja família possui um frigorífico de peixes.

NA AGENDA

Bom lembrar que o programa de fortalecimento da piscicultura, aos poucos, foi se tornando cada vez mais presente na agenda do governador Gladson Cameli. A Peixes da Amazônia, por exemplo, era execrada pelo então candidato Cameli durante a campanha. Ele prometia retirar o Estado do empreendimento onde tem a maior parte das ações (43%). Após ir conhecer o projeto e perceber a extensa cadeia produtiva vinculada à piscicultura, Gladson foi cedendo espaço e já é uma espécie de garoto propaganda da ideia até em fóruns internacionais que tem participado para tratar de crescimento econômico e projetos de desenvolvimento.

DE OLHO

Alguns empresários locais estão de olho no que o governo vai fazer nos próximos dias. Para alguns, a desvalorização da Peixes da Amazônia pode ser estratégica para a ampliação de negócios particulares. A conferir.

DE LASCAR

O Governo do Acre deixar um projeto como a Peixes da Amazônia falir por causa de R$ 200 mil é de lascar!

EM CENA

Pouca gente no atual governo entende com intimidade o conceito de Sociedade Anônima. Quando conhecem a ideia e o modelo adotado na Peixes da Amazônia S/A não conseguem disfarçar a simpatia. A última a ser convencida do potencial do modelo foi a secretária de Planejamento e Gestão, Maria Alice Araújo.

Sugestões, críticas e informações O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.



agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081



Fique Conectado