Você está aqui: Home Entretenimento Vagno Di Paula Coluna Vagno Di Paula 12/09/16

vagno-di-paula-colunista-agazeta 2

12 Setembro 2016 Written by 

Coluna Vagno Di Paula 12/09/16

 

FOI ESSA A EMOÇÃO QUE SENTI...
JULGAMENTO? QUE JULGAMENTO?

Durante os meus vinte e dois anos de magistratura já vi muitas mulheres no banco dos réus, mulheres chorando, trazendo os filhos no colo, amamentando, contando da sua vida dura de mulher agredida ou violentada, às vezes confessando a culpa para uma mísera diminuição de pena, às vezes alegando inocência, mas de forma humilde, desacreditando, com razão, na própria instituição que a algemava. Mas nunca vi uma mulher com uma postura dessas, tão altaneira, tão cara a cara, tão elevada, tão altiva. Se a "justiça" que conhecemos pede submissão, se o machismo da sociedade pede submissão, essa mulher violou todas as submissões que podiam se esperar de uma mulher no banco dos réus. Foi essa a emoção que senti... julgamento? que julgamento? (Luís Carlos Valois - Juiz do TJMA)

1vag120916

Empresárias Denise Borges e Josiany Nogueira esbanjavam elegância e simpatia no Miss 2016 no La Nonna Restaurante, realizado pela promoter número 1, Meire Manaus.

2vag120916           

 Procuradora de Justiça Giselle Mubárac Detoni e sua linda filha, Giovanna Mubárac, se deleitando com a paradisíaca paisagem de Bariloche com direito a neve e frio de 2 graus negativos. Maravilha!        

3vag120916

 Na última terça-feira (6), a jornalista e secretária de comunicação da PMRB, Andréia Oliveira, recebeu felicitações especiais, mimos e carinhos, do esposo, Gabriel Forneck, dos familiares e dos amigos mais chegados, pelo transcurso do seu aniversário. Na celebração surpresa, quem comandou o som com o melhor do country e do sertanejo de raiz foi seu filho Gabrielzinho, que mandou bem. O cara canta Ó!  Andréia, mulher profissional, de coração amoroso e generoso, que está sempre valorizando o seu próximo. Um feliz aniversário e que sua existência permaneça por longos anos!  

4vag1209166

Quase que esporadicamente, estamos juntos, e é sempre prazeroso encontra-las, por suas simpatias, alto astral e toda beleza que há. As amigas, empresárias Lidiane Lima e Luciana Logam. Gente bonita e Feliz!  

5vag120916

A produção da peça “Como Ter Sexo a Vida Toda Com a Mesma Pessoa” terá acessibilidade em Libras (Língua Brasileira de Sinais). Isso demonstra a preocupação da produção em tornar a arte acessível. Gostou? Então não perca tempo e reserve na sua agenda o melhor dia para prestigiar a peça que estará em cartaz no Teatro Plácido de Castro (Teatrão) neste sábado, 10, com sessão às 21h e domingo, 11, com sessão às18h. Os ingressos estão à venda na Livraria Nobel (Via Verde Shopping), OK Magazine Tangará, Poliana Costa Casa, Ótica Moderna e Loja Zinguer. Os preços variam de R$ 30 (meia) R$ 60 (inteira)  


FOTO FAX FAX FAX FAX

LUZ TIREI DO CÉU...

Mel silvestre tirei das plantas, sal tirei das águas, luz tirei do céu.
Escutai, meus irmãos: poesia tirei de tudo para oferecer ao Senhor.
Não tirei ouro da terra nem sangue de meus irmãos.
Estalajadeiros não me incomodeis. Bufarinheiros e banqueiros sei fabricar distâncias para vos recuar.
A vida está malograda, creio nas mágicas de Deus.
Os galos não cantam, a manhã não raiou. Vi os navios irem e voltarem. Vi os infelizes irem e voltarem. Vi homens obesos dentro do fogo. Vi ziguezagues na escuridão. Capitão-mor, onde é o Congo? Onde é a Ilha de São Brandão? Capitão-mor que noite escura! Uivam molossos na escuridão.
Ó indesejáveis, qual o país, qual o país que desejais?
Mel silvestre tirei das plantas, sal tirei das águas, luz tirei do céu.
Só tenho poesia para vos dar. Abancai-vos, meus irmãos. (Jorge de Lima)

** Essa poesia de Jorge Lima e outras de renomados escritores/poetas estão no lindo livro/DVD, “Caderno de Poesias – Maria Bethânia” que ganhei do meu amigo Eliomar Macedo. Letra e Poesia, tudo isso me fascina! Gratidão Leo, pelo lindo presente, que trouxera de sua recente viagem a São Paulo. Esse magnífico trabalho com edição limitada me alegra muito. São poesias de Fernando Pessoa, Clarice Lispector, Guimarães Rosa, Mário de Andrade, Manuel Bandeira, Ferreira Gullar, Drumond e outros, todas declamadas pela minha diva, Maria Bethânia. Como diz Heloisa Starling " Ninguém duvida da importância de Maria Bethânia para a cultura brasileira". Bravo, Bravíssimo!

Captura de Tela 2016-09-12 as 18.27.33



agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081

Fique Conectado