Você está aqui: Home Entretenimento Vagno Di Paula Coluna Vagno Di Paula - 22/07/2018

vagno-di-paula-colunista-agazeta 2

23 Julho 2018 Written by 

Coluna Vagno Di Paula - 22/07/2018

 #ÉPraValer !!!

1colunavagnoe3fotos220718

“Desconstruir a velha política. Pensar soluções para os problemas do nosso estado, dialogar com os jovens que estão formando nas universidades e aqueles que ainda não tiveram a oportunidade de entrar nelas” (Temyllis Silva, pré-candidata a deputada estadual pelo Partido das Trabalhadores)   

Dona de um sorriso largo, grande defensora das causas sociais: da juventude, da família, dos idosos, da mulher, do homem e de hábitos simples... Falo da jovem mulher, guerreira e aguerrida, Temyllis Silva, de 29 anos, negra, nascida em Rio Branco, e que me chama sempre a atenção quando a vejo (ou à encontro) por todas essas peculiaridades citadas, transbordando sempre simpatia e empatia por onde passa. Temyllis Silva é filha de Antonio Arleir e da Socorro Lima, tem 2 irmãs mais novas.  Casada, e mãe do Gustavo de 4 anos e madrasta do Max de 24 anos, Kayke de 12 e Pedro de 8 anos. Moradora do segundo distrito da capital, estudou na escola Luiza Carneiro Dantas, no bairro Cidade Nova, onde cursou da alfabetização ao terceiro ano do ensino médio. Estudante do curso de Economia da Universidade Federal do Acre, iniciou sua trajetória política por meio dos programas sociais da Prefeitura de Rio Branco em 2009, quando foi selecionada como bolsista do ‘Programa Quero a Vida’, da Coordenadoria Municipal de Juventude.

2colunavagnoe3fotos220718

Em 2010 foi convidada para compor a equipe da Coordenadoria Municipal da Juventude (COMJOVEM), onde depois de atuar como bolsista passou a coordenar Projetos Sociais, autuando, inclusive, como coordenadora do projeto do qual havia sido estagiária. Em 2012 assumiu interinamente a Coordenadoria Municipal da Juventude, período em que foi convidada para assumir a Secretaria Municipal Adjunta de Juventude, criada pelo prefeito Marcus Alexandre. Permaneceu como secretária de 2013 a 2018, oportunidade em que desenvolveu diversas ações voltadas para o protagonismo juvenil, emprego e renda, cultura, esporte, lazer e formação de jovens multiplicadores, entre outras. Simpatizante desde os 15 anos, filiou-se ao Partido dos Trabalhadores aos 18 anos de idade. E por toda a sua história de vida e de lutas, compartilho com meus leitores essa pequena e valiosa entrevista, cedida por essa jovem criatura de um futuro promissor na política acreana. A pré-candidata a deputada estadual em 2018, Temyllis Silva...

3colunavagnoe3fotos220718

Vagno: O país vive uma crise não só econômica, mas também política. Você foi convidada pelo Partido dos Trabalhadores para concorrer a uma vaga de deputada estadual. Quais são os seus maiores desafios?

Temyllis: Desconstruir a velha política. Pensar soluções para os problemas do nosso estado, dialogar com os jovens que estão formando nas universidades e aqueles que ainda não tiveram a oportunidade de entrar nelas.

Vagno: Por ser uma pré-candidata jovem, a sua candidatura será pautada e direcionada só para os jovens?

Temyllis: Não. Essa candidatura é um movimento coletivo de todas as idades, de várias tribos, cores e ideias. Uma campanha que dialoga com mulheres e homens, idosos e crianças, com várias classes sociais, mas que busca cuidar das pessoas com foco nos mais necessitados.  A pauta da juventude sempre esteve presente em minha vida e durante toda minha trajetória, é natural que tenha um foco para os jovens. Principalmente diante da situação que nosso país vive com falta de projetos e oportunidade.

Vagno: Você já ocupou vários cargos públicos, direto ou indiretamente você sempre manteve contato com a massa, com os menos favorecidos, um público de diversos pensamentos. Isso à ajudará?

Temyllis: Isso facilitará na construção de uma plataforma. É ouvindo as pessoas, conhecendo suas realidades, dificuldade e problemas que podemos pensar propostas que possam melhoras a vida das pessoas dentro de suas comunidades.

Vagno: Como foi a sua aceitação ao anunciar a sua pré-candidatura nas suas referidas bases ou pessoas do seu convívio?

Temyllis: Essa decisão foi construída com um coletivo de pessoas e a aceitação foi a melhor possível. Houve um movimento de adesão a esse sonho que se propõem a construir com novas ideias. Tenho muita gratidão a todos que estão sonhando junto comigo esse novo processo. É PRA VALER!!! RSRS

Vagno: Ainda existe uma campanha ideológica, de esquerda?

Temyllis: Sim. Muitas pessoas tem se proposto a realizar campanhas ideológicas, de esquerda com participação ampla, sem mega estruturas. O grande problema ainda são os vícios em troca de favores. As pessoas falam muito em renovação mas as vezes ainda se colocam como combustível do atraso.

patroVagnoDi2017ok

CafeKalleoVag2018DomBigode



agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081

Fique Conectado