Você está aqui: Home Esporte Renê Marques tem desafio de estimular equipe

Renê Marques tem desafio de estimular equipe

Equipe do Estrelão inicia série D com o moral em baixa

O Rio Branco Futebol Clube, que no domingo perdeu o título do campeonato acriano, está com novo técnico. Renê Marques, que dirigia o Almirante Barroso, de Santa Catarina, chega com a missão de dar sequência à equipe deixada por Cristian Souza. Um detalhe deixa a torcida apreensiva: Renê vem de um time rebaixado para a segunda divisão.

No próximo domingo, às 16 horas, o Rio Branco encara a primeira partida da Série D, contra o São Raimundo de Roraima no Estádio Arena da Floresta. Quem já começou a dirigir a equipe para a próxima competição é o técnico Renê Marques, que chegou de Santa Catarina, sentindo muito calor.

Muito sociável com a imprensa e os jogadores, o novo técnico foi apresentado hoje, pela diretoria do time. E qual é o estilo, a personalidade que ele pretende imprimir à equipe estrelada?

"Sem a bola, muita marcação, força na bola, pressão em cima do adversário. E com a bola, podemos fazer algumas variações pra surpreender o adversário. Uma equipe que trabalha com alegria, intensidade. Essa é nossa vida, nosso pão de cada dia.
Então, o atleta que vier trabalhar aqui tem que vir com bastante querer para colocar o Rio Branco em uma grande situação", explica.

Antes de ser apresentado oficialmente, Renê estava no último sábado, no encerramento do campeonato acriano. Ele assistiu das arquibancadas ao Estrelão entregar o título ao Atlético. Sobre as impressões desse jogo, ele é ponderado, mas avalia o que pode ter levado o time à derrota.

"No segundo tempo, na primeira substituição onde o atleta pediu para sair, acabou trazendo o Atlético para sair. O Atlético não tinha nada a perder e acabou vindo pra cima e infelizmente o professor não conseguiu fazer as substituições que ele queria. Foram três substituições por cansaço ou contusões. Então, acabou atrapalhando. Fica a lição para o Rio Branco de que nenhuma vantagem é tranquila e que tem que buscar sempre equilíbrio para não ser surpreendido", afirma.

O meia atacante Xuxa fez o gol de honra do Rio Branco no último jogo do campeonato. Em meio à preocupação com novos desafios, fica o lamento por não ter ficado com o título.

"Acho que a gente tem a possibilidade de conseguir a classificação e o acesso a série C. Acredito muito nesse grupo. Gostaria de ter vindo o título, por que a gente trabalhou muito. Infelizmente não conseguimos trazer o título só que a gente vai continuar nessa batida pra conseguir o melhor pro Rio Branco e para nós", disse.

Com a divulgação do nome do novo técnico, a torcida ficou com o pé atrás em relação ao último time dirigido por Renê Marques. O Almirante Barroso de Santa Catarina foi rebaixado sob o comando de Renê este ano.

Segundo o novo técnico, mesmo sem o resultado pretendido, o time catarinense, o currículo é extenso e vitorioso.

"Nós fizemos um catarinense muito difícil, fizemos 18 pontos. Caímos pelo saldo de vitórias. Na competição empatamos com Chapecoense fora de casa, vencer Figueirense em casa, vencer o Havaí fora de casa. Uma competição onde perdemos pontos bobos para equipes pequenas. Então isso acabou atrapalhando nossa competição. Mas eu venho de dois acessos seguidos, como treinador, como atleta tenho oito acessos na carreira, sempre fui capitão por onde passei e venho para esse grande desafio que é o Rio Branco, tentar ao máximo fazer com que o Rio Branco volte a Série C", afirma.

agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081

Fique Conectado