6ª Copa Master de Futebol inicia em maio

37 equipes estão inscritas para edição deste ano

A Secretaria Estadual de Esportes promoveu reunião com dirigentes das equipes que vão participar da Copa Master de Futebol de 2018. Feito especialmente para os atletas amadores e ex-jogadores profissionais entre 40 e 50 anos de idade, o campeonato incentiva o esporte e valoriza quem fez história e se aposentou no futebol.

A reunião na sede da secretaria tratou dos detalhes da 6ª Copa Master de futebol que inicia em maio e só termina em dezembro. A competição tem 37 equipes inscritas, da capital, de 13 municípios do interior Acre e uma de Extrema, município de Rondônia, que participa como time convidado.

No ano passado participaram do Campeonato Master 840 jogadores. Este ano serão mais, 925 atletas. Os jogos serão promovidos aqui no Estádio Arena da Floresta. O calendário ainda não está pronto por que segundo a secretaria de esportes a CBF ainda não definiu as datas dos jogos da série C e D.

"Cada vez mais o Acre está integrado, com mais equipes, valorizando essa categoria de homens e mulheres que às vezes as pessoas dizem: é só homem?, não! As mulheres também participam da torcida, organizando o time, cuidando da evolução do time. Então é um campeonato que é muito maior que o próprio Campeonato Acreano. O público é muito maior", comentou o diretor de esportes, Pelezinho.

Gilmar Moreira tem 51 anos e participa pelo segundo ano da competição. No dia a dia ele trabalha como enseminador artificial de animais, mas afirma que não tem descuidado dos treinos pra garantir uma boa atuação como lateral esquerdo, pela equipe Liberdade.

"Estamos treinando, fazendo amistoso, arrumamos jogadores mais jovens de 40 anos e vamos levando pra ver se garantimos vitória boa pra nós", afirmou.

Hilário Mendes é dirigente de uma das duas equipes de Tarauacá que participa da Copa Master. Segundo ele a expectativa do time do interior é a melhor possível.

"Pensando em fazer uma boa campanha. A gente sabe que é uma competição difícil tem muitas equipes boas e a gente pensa em fazer uma campanha boa e vamos ver o campeonato como fica", disse. Quanto a premiação, segundo da secretaria também vai homenagear os melhores atletas.

"Tem uma premiação em dinheiro que eles mesmos fazem sua cota e aí repassam trezentos reais de cada clube e tem a premiação também em troféus, medalhas pra artilheiro, goleiro menos vazado, então é assim é uma confraternização entre governo e sociedade", explicou Pelezinho.

Ao todo, a Copa Master deve promover 83 partidas. Nessa edição, o campeonato vai homenagear o delegado e ex-goleiro Ilzomar Pontes, que morreu este ano devido complicações de uma doença rara. Ilzomar Pontes tinha 59 anos e veio para o Acre com 18 anos para jogar futebol. Ele passou por vários times no Acre entre eles o Rio Branco e o Juventus.