184 atletas participam da Copa Amazônica de Natação

Nadadores de 9 clubes disputaram na piscina da AABB

Mais uma edição da Copa Amazônica de Natação aconteceu neste fim de semana na AABB. Ao todo, 184 atletas de clubes de três estados e Porto Maldonado no Peru participaram da competição.

A abertura da XXII Copa Amazônica de natação foi de piscina cheia. Crianças, adolescentes e adultos que participaram do primeiro dia de disputas aproveitaram para dar aquele mergulho e se aquecer. Enquanto isso, os árbitros também se preparavam para mais uma edição da competição.

Neste ano, a copa homenageou a fundadora da Federação Aquática do Acre, professora Luci Queiróz. O troféu levou o nome dela. Participaram 184 atletas, de 9 clubes, divididos em categorias desde Pré mirim, de 7 anos, até a master, composta por atletas a partir de 30 anos de idade.

“Todo evento da federação aquática credencia nossos atletas a ter índice para campeonato brasileiro. É uma competição regional, de três estados e mais um país participando”, comentou o presidente da Federação aquática do Acre, Ricardo Sampaio.

De Porto Maldonado, no Peru, vieram 12 atletas. "É a sétima vez que participamos da Copa amazônica de natação e todas experiências fantásticas. Antes viemos aprender, agora viemos competir com os irmãos brasileiros”, disse o técnico Eduardo Espinosa.

E os adolescentes peruanos afirmaram que não faltou treinamento para garantir boa participação.

A adolescente Brenda Ximenes, 12, representante de um dos clubes de Rondônia garantiu que a equipe dela também fez seu melhor nos treinos pra garantir o melhor tempo nas provas. “Eles treinam a semana inteirinha, segunda, quarta e sexta. Eu tô preparada, tenho que fazer 1:32”, disse a nadadora. As 128 provas foram promovidas entre sexta-feira e no sábado, agitando a AABB, com muita natação.