Quarta-Feira, 26 de Junho de 2019
Você está aqui: Home Esporte Jogadores do Galvez enfrentam surto de caxumba

Jogadores do Galvez enfrentam surto de caxumba

Oito atletas contraíram a doença: dois já se curaram

Os jogadores do clube de futebol Galvez enfrentam um surto de caxumba. Dos 22 jogadores, oito contraíram a doença; seis ainda permanecem com os sintomas e dois já estão recuperados. “Inclusive, estes dois que estão recuperados já estão treinando normalmente”, informou o treinador e sub-tenente Ziel, que busca vacina em postos de saúde.

A caxumba é uma doença causada pelo vírus paramyxovirus. É transmitida de pessoa a pessoa por gotículas de saliva. Por isso se contrai mais comumente logo na infância. A pessoa é contaminada, normalmente, uma semana antes de aparecer os primeiros sintomas. Mesmo após curada, a pessoa ainda fica com o vírus por mais uma semana.

Febre, mal estar, inflamação da glândula parótida (essa glândula fica entre o queixo e pescoço e ajuda na salivação). A glândula fica inchada. Por isso, era comum essa doença ser chamada popularmente como “papeira”.

Segundo o médico Eduardo Farias, a doença pode complicar a rotina dos homens causando inflamação dos testículos (orquite). Por isso é recomendado repouso durante tratamento. Na mulher, é o ovário pode inflamar (oforite) e pode causar ainda encefalite, que já é mais raro.

“O tratamento é repouso, analgésico e anti-inflamatório”, afirma o médico. A vacina indicada é a Tríplice Viral. Além de prevenir caxumba, previne também rubéola e sarampo. “É importante à vacinação, porque estamos com risco de epidemia de sarampo também”, ressalta Farias.

agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081

Fique Conectado