Estudantes participam de Estadual de Atletismo Escolar

Disputa serve de seletiva para o Brasileiro

No último final de semana 40 atletas do sub-18 de atletismo, de várias escolas do Estado, participaram de uma competição que garante vaga no Brasileiro da categoria que acontece do dia 11 ao dia 14 de abril em Natal, Rio Grande do Norte. O evento aconteceu na quadra do Sesi.

“A intenção desse estadual de atletismo escolar é buscar jovens nas escolas, a fim de que possamos encontrar novos talentos para que representem nosso estado nessas competições nacionais”, ressalta o Presidente da FACAT, João Jácome.

Jocilene Chaves e Abimael da Silva, estudantes da escola São João Batista no município de Bujari foram competir. Eles são duas das apostas da Federação Acriana de Atletismo.

“A partir dos meus 13 anos eu comecei a correr e comecei a ganhar e a gente viu que eu tinha talento para correr, eu me interessei nisso e estou aí”, diz a atleta Jocilene.

“O professor me incentiva muito e eu quero ganhar resultados para conseguir chegar no mundial”, declara Abimael.

Os paratletas também estiveram presentes. Lucas Vinícius Magalhães, por exemplo, já conquistou mais de quarenta medalhas, inclusive, ficou entre os vinte melhores em sua categoria no torneio realizado na Suíça em 2018. “O esporte é muito bom e nos ajuda a desenvolver muito. É uma oportunidade para crescer no paratletismo e que Deus abençoe para conquistar mais medalhas e vitórias”.

Neste tipo de evento, os sonhos e objetivos são os melhores possíveis, entretanto, Paulo Sérgio nos faz lembrar da realidade do esporte no país e, consequentemente, no estado.

“O esporte aqui no Acre é muito difícil porque a gente vem para pista e tem muitos atletas no Acre que não tem patrocínio de nada, grandes atletas que tiveram que desistir da sua carreira”, conclui o atleta.

Paulo é uma das promessas do Atletismo do Acre. Ele teve que parar os treinamentos porque tinha que trabalhar, mas mesmo assim, se esforça para participar de algumas competições.