Você está aqui: Home

Artigos

Escolhidos os integrantes da CPI do Transporte Coletivo

Aliados do prefeito manobram para evitar Roberto Duarte

Depois de sete horas de discussão, os vereadores de Rio Branco adiaram mais uma vez a escolha dos membros da CPI que vai investigar os contratos da prefeitura com as empresas do transporte coletivo.

Parecia que finalmente a comissão daria o pontapé inicial nos trabalhos. Depois da pressão, o presidente da Mesa Diretora, Manuel Marcus colocou o tema na pauta. Os líderes dos partidos indicaram um nome.

Ao todo, 11 vereadores foram selecionados para ser um possível membro da CPI: Roberto Duarte (PMDB), Emerson Jarude (PSL), N. Lima (DEM), Elzinha Mendonça (PDT), Jackson Ramos (PT), Eduardo Farias (PC do B), Lene Petecão (PSD), Célio Gadelha (PSDB), Raílson Correia (PTN), Raimundo Nenem (PHS), Artêmio Costa (PSB).

As discussões ficaram mais acirradas quando os vereadores foram escolher os membros titulares. Os vereadores aceitaram que os partidos com maior representação na casa, indicasse direto que ficaria na comissão. O PT Indicou Jackson Ramos, o PSDB, Célio Gadelha e o PSL Emerson Jarude.

O vereador Roberto Duarte brigou para ficar com uma das cinco vagas, mas a base do prefeito não aceitou e queria uma votação. Como a base era maioria, poderia escolher quem ficaria com a presidência e a relatoria da comissão.

A oposição fez confusão. Afinal, os vereadores aliados do prefeito, que lutaram para a CPI não existir, poderiam colocar em xeque as investigações e o resultado final da CPI.

Os vereadores decidiram continar as discussões nessa quinta-feira, e, quem sabe, finalmente escolher os cinco membros efetivos e três suplentes da CPI.

agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081

Fique Conectado