Projeto da Ufac trabalha arte como terapia

A Universidade Federal do Acre (Ufac), por meio da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (Proex), realizou nesta quinta-feira, 10, a primeira edição do projeto Arte como Terapia. O evento contou com a participação do grupo de idosos dos módulos de saúde Raimundo Moreira, Jardim Primavera e Adalberto Aragão.

Nessa edição, o projeto teve como temática a arte como terapia para a terceira idade. A expectativa é que a cada ano um público diferente seja envolvido na atividade. “Esse é um projeto de fluxo contínuo que tem como objetivo integrar diferentes públicos às mais diversas artes, como música, dança e pintura”, destacou a idealizadora do projeto, Kamila Costa. “É uma forma de promover saúde e qualidade de vida através das artes.”

O reitor interino da Ufac, Enock Pessoa, informa que o Arte como Terapia integra um projeto maior, o Ufac na Comunidade. “A ideia principal é envolver a sociedade nas atividades da universidade. Essa é uma integração positiva e necessária”, disse.

A programação contou com café da manhã, apresentação de tecido acrobático, coral, música, dança e palestra. Um dos destaques foi a exposição de quebra-cabeças montados, da servidora Rosângela Machado.

“Agradeço muito a iniciativa da Proex. Comecei a fazer esse trabalho há sete anos, como uma forma mesmo de terapia; e deu certo”, contou. “Não tem idade certa para montar quebra-cabeças. Eu indico para todo mundo.”

Servidora da Ufac há mais de 30 anos, Rosângela utiliza as horas vagas para montar quebra-cabeças de diferentes dimensões. Ele diz ter perdido a conta de quantas peças já montou. “Trabalho com quebra-cabeças de mil a 5 mil peças e levo de um a dois meses para montar, porque não consigo ficar parada”, relatou. “Então, quando não estou na Ufac, fico me divertindo com as montagens.”

agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081

Fique Conectado