Sábado, 24 de Agosto de 2019

Justiça comum deve julgar crime cometido por tenente do BOPE

Defesa aguarda liberação de habeas corpus

Na última segunda-feira (13) a Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Acre decidiu que a justiça comum deverá julgar o tenente Josemar Barbosa de Farias, do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), pela acusação de promoção a organização criminosa.

Tenente Farias foi preso em dezembro, do ano passado, durante a operação Cicário, desencadeada por uma força tarefa da Polícia Civil e Ministério Público Estadual.

O advogado de defesa, Mário Rosas, analisou a decisão do Tribunal de Justiça, “a defesa aceitou como positiva, vamos ter a oportunidade de realizar todos os pedidos e constituir uma defesa plena”. A defesa ainda aguarda o julgamento do pedido de habeas corpus por parte do Supremo Tribunal Federal (STF).

Os processos de peculato, corrupção passiva e prevaricação permanecem de competência da Justiça Militar.

 

agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081



Fique Conectado