Justiça de Xapuri condena dez pessoas a 267 anos de prisão

Acusados mataram pedreiro em 2017

Na manhã desta sexta-feira (16), dez réus foram condenados por homicídio triplamente qualificado, ocorrido em 2017, que ceifou a vida de um pedreiro. O julgamento aconteceu no Fórum Raimundo Dias Figueiredo, em Xapuri, pelo Tribunal do Júri da Comarca de Xapuri, e durou três dias.

Ficou constatado que os acusados estavam conscientes ao realizar o delito, onde desferiram diversos golpes, utilizando ripa de madeira e arma branca, atingindo sucessivamente a vítima, até sua morte.

As penas dos sete homens e três mulheres totalizam 267 anos. Os réus também foram responsabilizados pela tentativa de homicídio de outra vítima, que sobreviveu às agressões.

Algumas condenações foram maiores, devido aos antecedentes, outros também foram condenados pelo crime de corrupção de menores e participação em organização criminosa.