Você está aqui: Home Polícia Justiça sentencia presos da “Operação Dínamo”

Polícia

Justiça sentencia presos da “Operação Dínamo”

Em média, cada réu foi condenado a 10 anos

Todas as 43 pessoas presas na “Operação Dínamo”, executada pela Polícia Civil em 9 de dezembro de 2015, foram condenadas por tráfico de drogas. A sentença da Vara de Delitos e Drogas e Acidentes de Trânsito aplicou pena linear. Em média, cada réu foi condenado a 10 anos em regime fechado. Apenas o líder da quadrilha, Salmo da Silva Chaves, teve a pena aplicada em 31 anos em regime fechado.

O grupo criminoso era bem articulado e agia na Capital e no interior com ramificações no Peru e na Bolívia.

A Operação Dínamo conseguiu apreender drogas, armas e confiscar bens dos criminosos.

Para a polícia e a Justiça, Salmo da Silva Chaves é um bandido perigoso e, antes mesmo de a polícia chegar à quadrilha, ele já vinha sendo procurado. Depois da prisão, Salmo foi transferido para um presídio federal, fora do Estado. A mulher dele e a mãe também foram presas e condenadas.

A investigação da polícia durou 6 meses e, através de escutas telefônicas, descobriu a ação do grupo que tinha como base, eliminar os bandidos de grupos rivais.

agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081

Fique Conectado