Você está aqui: Home Polícia Latrocínio causou morte de educador físico, diz polícia

Polícia

Latrocínio causou morte de educador físico, diz polícia

Dois autores: um de 16 e outro de 17 anos

A Polícia Civil apreendeu dois adolescentes suspeitos de matar o professor de Educação Física Elioney Linhares. O educador foi assassinado em setembro deste ano. A polícia trabalhava com duas hipóteses: ou homofobia ou latrocínio.

As investigações praticamente descartam que o crime tenha sido motivado por homofobia. A linha de investigação que prevaleceu foi a de latrocínio (roubo cujo resultado é a morte da vítima). A apreensão de um adolescente reforçou a desconfiança dos policiais.

“Tudo ainda está sendo investigado. Mas, tudo indica que, de forma voluntária, o professor conversou com um dos autores [do crime], foi atraído para o local, mas não contava que existia um plano para execução e tomada dos objetos”, disse o delegado Rêmulo Diniz que conduz as investigações na Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa.

Os dois autores do crime são dois adolescentes de 16 e 17 anos. O de 16 já havia sido apreendido e explicou como aconteceu o crime. O jovem de 17 anos ainda continua livre.

agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081

Fique Conectado