Você está aqui: Home Polícia Bando da Estrada do Aeroporto faz mais uma vítima

Polícia

Bando da Estrada do Aeroporto faz mais uma vítima

Homem foi agredido quando voltava do aeroporto

A BR-364, no trecho entre as rotatórias do Aeroporto de Rio Branco e da Vila Custódio Freire tem se transformado em um ponto de assaltos constantes. O bando que atua na região coloca todo tipo de entrave na estrada para forçar o condutor a diminuir a velocidade e possibilitar assalto. O assunto não é novidade para a polícia que já conhece o problema. No último dia 9, ocorreu um caso grave.

Um homem de 42 anos voltava de motocicleta do aeroporto, por volta de meia noite. Ele foi ao aeroporto para esperar o corpo de um amigo. Na volta, ao passar pelo radar próximo à Vila Custódio Freire, já chegando na rotatória da vila dois homens armados pularam na frente da moto e mandaram que ele parasse.

O motociclista ainda tentou fugir entrando em um ramal que fica ao lado da rotatória. Os bandidos então conseguiram derrubar a motocicleta. Eles exigiram que ele passasse o celular, mas ele não tinha o aparelho. Foi aí que começou a sessão de pancadaria.

Um jovem do bando ainda chegou a colocar uma arma na orelha da vítima e teria efetuado um disparo que ainda chegou a queimar a orelha. A vítima contou que desmaiou e os bandidos fugiram levando a motocicleta: uma moto modelo Titan, de cor preta. Levaram os poucos pertences e cerca de R$ 1 mil.

Moradores do local teriam encontrado a vítima desmaiada e acionaram o Samu. A vítima foi levada para o Pronto Socorro do Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco em estado grave com vários hematomas, sobretudo no rosto.

Ele relata que acordou no outro dia por volta das 10 horas da manhã. Ficou internado por cinco dias. A queixa do assalto foi registrada na delegacia. Segundo ele, nos últimos meses, há vários relatos de pessoas que trafegam pela BR-364.

Mas, quem trafega de carro tem maior possibilidade de fugir, embora os assaltantes joguem pedras e tijolos para forçar os motoristas a pararem. Um fator que facilita a criminalidade é que o trecho está sem iluminação pública.

agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081

Fique Conectado