Você está aqui: Home Polícia SESP esclarece caso dos bombeiros atingidos por tiros

Polícia

SESP esclarece caso dos bombeiros atingidos por tiros

Caso aconteceu na área do 4° Bis, no sábado

Os dois soldados do Corpo de Bombeiros atingidos por disparos, na manhã do sábado, foram vitimas da disputa por terreno entre duas facções rivais. Essa informação foi repassada pela Secretaria de Segurança Pública durante entrevista coletiva na manhã dessa segunda-feira.

No sábado, por volta das 09h30min, dois soldados do Corpo de Bombeiros estavam fazendo a poda de árvores na área do circulo militar, às margens do igarapé São Francisco quando foram surpreendidos por tiros. O soldado Jorgeano Cândido da Conceição, de 29 anos, que estava na parte alta de uma árvore levou um tiro no ombro. O outro soldado, Antônio Campos Noronha, que se encontrava em solo ajudando o colega de farda levou um tiro no abdômen. Militares e agentes da policia civil que estavam no local, juntamente com soldados do exército, saíram em busca de prender os acusados pelos disparos.

Conseguiram prender na hora: Rodrigo Fronte, Mateus Batista da Silva e Geraldo Cândido que ainda estavam na mata. Horas depois mais dois homens foram presos. Ainda de acordo com a Secretaria de segurança, grupos rivais trocaram tiros no local em uma disputa por território e os dois soldados do corpo de bombeiros foram feridos por balas perdidas.

Segundo Flavio Portela, secretário de segurança, dos cinco presos, três pertencem a uma facção conhecida nacionalmente; os outros dois a uma facção local. “A policia encontrou com os acusados revolveres e pistolas e está periciando as armas para saber em quais delas saíram as balas que atingiram os bombeiros. Apreendemos também um carro usado por um dos grupos foi apreendido”, detalhou.

Entre os presos, dois tinham mandados de prisão em aberto. Os dois soldados feridos receberam atendimento no pronto socorro de Rio Branco. Jorgeano Cândido, atingido no Ombro, foi liberado 4 horas depois e passa bem, enquanto o soldado Antônio Campos passou por cirurgias e seu estado é grave.

 

agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081

Fique Conectado