Você está aqui: Home Polícia Benfica continua sendo área de conflito agrário

Polícia

Benfica continua sendo área de conflito agrário

Comunidade invadiu e proprietário acionou Justiça

Cerca de 160 famílias moram na área no Segundo Distrito de Rio Branco, às margens da Rodovia AC-40, conhecida como nova Vila Benfica há pelo menos sete meses. De acordo com a comunidade, a terra estava abandonada e foi ocupada após o real dono falecer. O local possui dois açudes. Pequenas casas de madeira foram construídas nas redondezas.

A lama dificulta a trafegabilidade, mesmo que seja a pé, os moradores sofrem constantes quedas, como o caso da gestante que acabou escorregando. Além disso, a energia elétrica é feita por meio de rabichos e ligações clandestinas. Cadeirantes e crianças também enfrentam obstáculos para saírem de casa.

As famílias querem regularizar suas moradias. O problema é que apareceu um homem que disse ser o dono da terra. O caso foi parar na Justiça e uma audiência foi marcada para o dia 3 de dezembro para resolver a questão.

O morador Sebastião Mascarenhas diz que eles estão lutando pelos seus direitos. “Cada um de nós precisa ir para um lugar”, afirma.

A equipe de reportagem procurou o Governo do Estado e a Prefeitura de Rio Branco para saber de quem seria a responsabilidade para resolver o caso. O proprietário da terra foi procurado. Por meio de nota, a Secretaria da Cidade, da Gestão Municipal, informou que a área é de responsabilidade do Incra.

Houve tentativa de ocupação da área na faixa de 30 metros da rodovia. Estas casas específicas eram de responsabilidade da prefeitura, mas foram removidas.

agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081

Fique Conectado