Você está aqui: Home Polícia Somadas, penas de taxistas ultrapassam 55 anos

Polícia

Somadas, penas de taxistas ultrapassam 55 anos

Manoel e Júlio aguardavam sentença da Justiça

Os taxistas Manoel Júlio Nonato Gama Neto e Gilberto Ferriera Paiva Filho foram condenados a 55 anos. Manoel Júlio Nonato Gama Neto teve pena fixada pelo juízo da 1ª vara do Tribunal do Júri em 30 anos de reclusão em regime fechado. Gilberto Ferreira Paiva Neto foi condenado a 25 anos e seis meses também em regime fechado.

Os dois são acusados de mandar matar dois comerciantes peruanos que tinham comércio em Cobija. O taxi de Manuel era usado para fazer o transporte de produtos de Cuzco para Cobija. Segundo o Ministério Público, os produtos começaram a desaparecer.

Com a cobrança do comerciante peruano, os taxistas se uniram e decidiram pagar pela morte de Nilo Daniel Chaves Sierra. No dia do crime, o sobrinho de Nilo, Richard Said Bezerra Chaves, e também foi morto.

agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081

Fique Conectado