Você está aqui: Home Política Pesquisa inédita mostra Aline Nicolli como “surpresa”

Política

Pesquisa inédita mostra Aline Nicolli como “surpresa”

Euclides: respeito ao critério de proporcionalidade

Alunos do 1º e 3º períodos do curso de Ciências Sociais da Ufac, em parceria com o Instituto Delta e com o Grupo de Estudos Políticos e Democracia, realizaram uma inédita pesquisa para saber a intenção de voto para reitor na eleição que acontece no próximo dia 22. A pesquisa coordenada pelo sociólogo Nilson Euclides mostra um cenário disputado, apesar dos 15 pontos percentuais de vantagem da candidata Guida Aquino em relação à professora Aline Andreia Nicolli.

A professora Guida Aquino aparece na pesquisa estimulada com 48% das intenções de voto. Aline Nicolli com 33%. Mesmo levando em consideração a margem de erro de 4,9 pontos percentuais, Aquino está em vantagem.

Mas, é uma vantagem que surpreende a todos. “Não esperávamos essa cena”, confessa um técnico da Ufac que não quis se identificar. Ele apoia Aquino e diz que o grupo ficou surpreso. Havia uma concepção já consolidada de que a candidata apoiada por Minoru Kinpara não teria nenhuma ameaça.

“Foi surpreendente o desempenho da Aline, sim”, afirma o coordenador da pesquisa, professor Nilson Euclides, do Centro de Filosofia e Ciências Humanas da Ufac. “Nós obedecemos ao critério de proporcionalidade uma vez que o voto é paritário”. A afirmação justifica o fato de a pesquisa ter ouvido 300 alunos e os 100 entrevistados restantes terem sido distribuídos entre técnicos e professores. Os alunos representam 80% dos votos na Universidade Federal do Acre.

A surpresa reside também no fato de Guida Aquino estar bem aquém do desempenho do tutor de sua campanha Minoru Kinpara que teve, nas últimas eleições para reitor, quase 85% dos votos, quando já se aplicou o voto paritário: os votos dos alunos têm o mesmo peso dos professores e dos técnicos (o que não ocorria em eleições anteriores quando o voto do professor tinha maior peso na eleição).

“Com os 17 por cento de indecisos na pesquisa estimulada, é possível raciocinar que, caso houvesse mais tempo de campanha, a candidata Aline poderia ter chances de ser mais competitiva ainda”, analisou o professor.

A pesquisa foi realizada nos dias 15 e 16 de maio, estritamente no campus de Rio Branco e ouviu a opinião de professores, alunos e técnicos administrativos. Foram feitas 400 entrevistas. A margem de erro é de 4,9 pontos percentuais para mais ou para menos com intervalo de confiança de 95%.

Pesquisa Espontânea

Guida Aquino                        44%

Aline Andreia                        32%

Outros                                   8%

Não sabe Não respondeu   16%

Pesquisa Estimulada

Guida Aquino                      48%

Aline Andreia                      33%

Não sabe Não respondeu  19%

Fonte: Instituto Delta/ GEPDE - UFAC

agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081

Fique Conectado