Sábado, 25 de Maio de 2019
Você está aqui: Home Política Prefeitura cancela carnaval de rua em Rio Branco

Política

Prefeitura cancela carnaval de rua em Rio Branco

Concurso da realeza e desfile de blocos cancelados

Na última semana, o governo do estado anunciou que, pela não liberação da Avenida Brasil por parte da prefeitura da capital, não iria mais realizar o carnaval em Rio Branco. Agora, para complicar, ainda mais, a situação dos foliões, o município também comunicou o cancelamento da festa. Pela prefeitura, seria realizado o concurso da realeza e o desfile dos blocos. A gestão também costumava incentivar o carnaval nos bairros, com estrutura física e apoio financeiro.

O comunicado oficial foi feito na manhã desta segunda-feira (18), pelo presidente da Fundação Garibaldi Brasil. Sérgio Carvalho convidou os representantes das associações de bairros para, em uma reunião a portas fechadas, repassar as notícias. “Acho que tem momentos na gestão que é necessário fazer escolhas e o município está passando por uma grave crise, desde uma possível alagação, assim como epidemia de dengue e surto de caxumba, então a prefeita entendeu que a gente precisa priorizar a infraestrutura e a saúde pública da nossa cidade.”

Presentes à reunião, os representantes dos cinco blocos que iriam desfilar este ano. A notícia, que caiu como uma bomba, revoltou os presidentes.

“Nós vivemos no Acre, todo ano tem enchente, tem dengue, todo ano tem nesse período de chuva, ou os estados que tem isso não tem carnaval?”, questionou Xico Rafael, do bloco SPB.

“Nós não vamos aceitar a cultura ser deixada de mão, em frente às mazelas. Isso é papel do gestor saber gestar todos os recursos”, completou Sindney Mendes do bloco 6 de Agosto.

Os presidentes dos blocos contam que os prejuízos, para cada um deles, podem superar os cem mil reais. Afinal, eles estão há mais de três meses trabalhando para o desfile. Os gastos com tecidos, fantasias e construção de carros alegóricos, por exemplo, eram feitos contando com o repasse realizado pela prefeitura. Agora, sem esse dinheiro, eles vão ter que assumir essas dívidas. “A divida vai ficar pra quem? Pra gente. E a gente tem que correr atrás, não pode deixar isso acontecer,” reclamou Wellington Gomes do bloco Unidos do Fuxico.

“O país está largando a cultura, está deixando a cultura de lado, tanto no âmbito municipal, estadual, federal. E a gente não quer isso”, disse Altino Tadeu do bloco Sem Limite.

Delicado também vai ser comunicar aos integrantes dos blocos o cancelamento da festa. “Diga aí como é chegar na comunidade agora e falar pra nossa comunidade, que estamos trabalhando lá há três meses -gente tudo o que vocês fizeram, todo o trabalho de vocês, toda a dedicação, cada pai com quem falamos para que seu filho fosse tocar na bateria, que os pais saíram de casa de pé pra levar o filho pro ensaio... e dizer que não vai ter mais ensaio”, disse Elaine Rodrigues do bloco Sambase.

agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081

Fique Conectado