Sábado, 20 de Julho de 2019
Você está aqui: Home Política Audiência pública para discutir sobre reforma da previdência

Política

Audiência pública para discutir sobre reforma da previdência

Debate contou com a presença de sindicalistas

Os deputados acrianos realizaram na manhã desta quinta-feira (9), na Assembleia Legislativa do Acre, uma audiência pública para debater sobre a reforma da previdência. Sindicatos e centrais sindicais participaram da sessão.

“O entendimento das centrais sindicais e dos sindicatos, e de boa parte da assembleia, que aqui hoje nós temos deputados tanto de situação, como de oposição que são contrários a reforma da previdência, a gente tem o entendimento que todos os pontos da reforma da previdência são prejudiciais ao trabalhador”, disse o deputado Daniel Zen (PT), que solicitou a realização da audiência pública.

Essa audiência faz parte do calendário unificado de lutas, com uma extensa programação no mês de maio, contra a reforma da previdência. No próximo dia 15 ocorre uma paralisação geral dos sindicatos em todo o Brasil. “Queremos fazer um dia de grande mobilização. Essa reforma não beneficia trabalhador, beneficia os bancos, beneficia a política neoliberal e nós precisamos ficar atentos”, explicou a presidente da Cut, Rosana Nascimento.

Os sindicalistas acreditam que se for aprovada, a nova previdência vai prejudicar a classe trabalhadora mais pobre. “Precisamos saber qual o posicionamento desses deputados estaduais, por mais que eles não votem lá em Brasília, mas eles têm o partido que vai votar, então eles deveriam cobrar que o partido vote contrário”, comentou o presidente do Sindicato dos Urbanitários, Marcelo jucá.

Dessa audiência na Aleac, os deputados vão levar as reivindicações até a bancada federal do Acre. “A mesa vai produzir um relatório a respeito disso, a gente vai encaminhar pra bancada federal, para o Ministro da Economia, pra todas as autoridades cabíveis. A gente sabe que é algo muito difícil de barrar a aprovação dessa reforma, mas o governo federal tem que entender que o povo que será prejudicado por ela, que são os trabalhadores que ganham de um até cinco salários minimos”, concluiu Zen.

agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081



Fique Conectado