Política

Agentes penitenciários podem voltar a realizar protesto

Reunião com a categoria foi suspensa pelo governo

No último dia 7, terça-feira da semana passada, os agentes penitenciários de Rio Branco se mobilizaram no Centro de Rio Branco em frente da Casa Rosada, para chamar atenção do governo. A categoria chegou a apresentar uma lista com algumas reivindicações.

No dia, o governo a marcar uma reunião com os representantes da categoria para esta quarta-feira (15). Mas na véspera, com um simples telefonema, o encontro foi suspenso. Comportamento que não agradou em nada os agentes penitenciários.

“Cria uma situação complicada, porque nós acabamos até deliberando algumas ações com a categoria para que fosse trabalhado dentro do presídio e infelizmente hoje estamos frustrados com esse destrato que o governo do estado tem colocado em desfavor dos servidores penitenciários”, reclamou o presidente do sindicato da cetegoria, Beto Calixto.

Entre as falhas que precisam ser corrigidas, o sindicato aponta um déficit de pelo menos 600 servidores, pagamento de licitações e promoção. “Pedimos acima de tudo, concurso público para a categoria, muitos servidores tem clamado pelo concurso público pra que possamos ter um contingente para poder realizar diligencias no dia-a-dia.”

Agora eles vão decidir se aguardam uma nova data para a reunião ou se tomam uma postura ainda mais enérgica.