Segunda-Feira, 22 de Julho de 2019
Você está aqui: Home Política Luiz Tchê prevê a possibilidade de entrega de cargo na Aleac

Política

Luiz Tchê prevê a possibilidade de entrega de cargo na Aleac

Deputado estaria insatisfeito com relações internas na Aleac

Um mês e 13 dias. Esse é o tempo que o deputado estadual Luiz Tchê (PDT) responde como líder do governo na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), mas o relacionamento interno não está dos melhores. O clima, um pouco tenso e delicado entre parlamentares e liderança, já reflete na resposta esperada pela Aleac e pelo próprio deputado Luiz Tchê.

Insatisfação, desconforto e exclusão. São com essas três palavras que o deputado Luiz Tchê resume os 44 dias de liderança na Aleac. Em uma situação bastante desconfortável, o parlamentar não descarta a possibilidade de entregar a função.

Luiz Tchê apresenta uma série de motivos que justificam essa insatisfação. O deputado ainda responde como líder do governo na Assembleia, mas conta que já conversou com o governador sobre o assunto.

“Ocorreu alguns acontecimentos que me deixaram chateados, alguns deputados simplesmente foram demitidos sem consulta, eu não sou bombeiro, eu sou considerado líder do governador e eu preciso das informações para discutir com a imprensa, para passar para a sociedade, para discutir no parlamento. A minha insatisfação é em relação às discussões da equipe do governo no qual o líder não participa”, disse Luiz Tchê.

Se concretizada a saída de Luiz Tchê da liderança, essa não será a primeira troca este ano. Em maio, o então líder do governo, o deputado Gehlen Diniz (PP) também alegando certo desconforto na função, entregou o posto.

“Os deputados não ajudavam na defesa do governo, não iam à tribuna para defender, eu estava lá constantemente com dois ou três e atualmente isso não acontece, nós não vemos a empresa criticando, não vemos os deputados se recusando a defender, se há esse comentário que vai haver uma nova troca eu não sei por quais razões, mas me parece que é em razão de cargos, quem está ameaçando sair está querendo alguma coisa para ficar, quem quer sair diz que sai e entrega igual eu fiz”, explicou Diniz.

Com tantas mudanças, a pergunta que mais se escuta pelos corredores da Aleac é o que está acontecendo na Aleac?

“Eu sou muito nova na política e não consigo compreender, procurei na história do Acre para ver se isso já tinha acontecido anteriormente e nós não vimos isso acontecer em nenhum outro governo anteriormente”, concluiu Roberto Duarte.

agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081



Fique Conectado