Política

Governador visita obra do novo prédio do Pronto Socorro

Obra já tem dia definido para ser inaugurada

Gladosn Cameli chegou pouco depois das oito horas na manhã à obra do novo prédio do Pronto Socorro de Rio Branco. Na companhia de engenheiros e técnicos, o governador do estado realizou uma vistoria no serviço que já foi e no que está sendo executado. De sala em sala, passou por onde vão funcionar diferentes setores da unidade. Cameli fez questão de reforçar que a obra já tem dia definido para ser inaugurada e que não vai admitir que o serviço entregue não seja de qualidade.

“Está faltando poucos dias para inauguração que é dia 1 de agosto e eu não abro mão de inaugurar o pronto socorro pronto para atender os nossos cidadãos com tudo que tem direito, o que eu tenho pedido para todos é que façam as obras com qualidade”, disse o governador.

Um dos principais motivos dessa visita está relacionado ao heliponto. A área de toque já está concluída, mas o local da rampa de acesso vai precisar ser modificado.

“Eu vim fazer as verificações se haveria alguma necessidade de alguma alteração e é isso que a gente fez, fez essa mudança de posição da rampa de saída do heliponto para melhor atender o paciente, se não fosse a questão das macas não precisaria modificar nada”, explicou o engenheiro calculista, Vanderli Oliveira.

E por falar em rampa, durante a visita, a ausência de rampas internas chamou atenção. Afinal, a orientação que se tem é a de que em caso de incêndio, não se deve utilizar os elevadores. Com isso, o questionamento de como retirar o pacientes em macas não poderia deixar de existir. A resposta, que custou a ser concluída, apontou que, agora, a tecnologia utilizada já permite o acesso aos elevadores, mesmo com o prédio em chamas.

“O que foi projetado para entrada e saída de maca tanto pelo heliponto quanto pela entrada debaixo é eletromecânica, ou seja, a entrada é pelo elevador e ficar em paz, mesmo no incêndio”, esclareceu o engenheiro civil, Erivaldo Rodrigues.

Com os dias contatos para a inauguração, o diretor administrativo da Secretaria de Infraestrutura e Mobilidade Urbana (Seinfra), que também acompanhou a visita do governador, aposta que tudo vai estar concluído dentro do prazo e ressalta a importância da obra para toda a população do estado.

“Nós temos visto que a demanda é muito grande e com essa inauguração vai surgir em torno de 190 vagas de leitos, então, vai desafogar aquela parte antiga do pronto socorro. É uma obra muito esperada que todos os parceiros envolvidos estão determinados a entrega dessa obra”, concluiu o diretor administrativo da Seinfra, Wellington Chaves.