Terça-Feira, 17 de Setembro de 2019
Você está aqui: Home Política Pedido de empréstimo da prefeitura é pauta na Câmara

Política

Pedido de empréstimo da prefeitura é pauta na Câmara

Ideia é trocar os 41 mil pontos de iluminação por lâmpadas de led

A fim de mudar toda a iluminação pública de Rio Branco, a prefeita Socorro Neri enviou a câmara de vereadores um pedido para autorização de empréstimo no valor de R$ 48 milhões que deve ser realizado na Caixa Econômica Federal.

A ideia é trocar os 41 mil pontos de iluminação, entre praças e ruas, por lâmpadas de led. o vereador João Marcos Luz utilizou a tribuna para criticar o valor pedido pela gestora municipal.

O parlamentar informou que a oposição não vai aprovar o que é chamado de projeto de eficientização da iluminação pública sugerido pela prefeitura. Ele relatou que é importante melhorar esse setor, mas com recursos próprios.

“Nós defendemos uma cidade iluminada, não pode ficar no escuro, mais R$ 48 milhões para comprar lâmpadas de led é muito dinheiro, nós achamos, inclusive, que é possível que o poder público dentro de um planejamento em médio prazo com recurso próprio consiga fazer as substituições, por isso, nós votaremos contra esse projeto do executivo”, disse o vereador (MDB), João Marcos Luz. 

Rodrigo Forneck, líder da prefeita na câmara e presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) assegurou que esse pedido deve ser votado antes do recesso parlamentar, que ocorre até a próxima semana. O vereador informou que atualmente a prefeitura arrecada cerca de 1 milhão e 300 mil do consumidor com a iluminação pública, mas os gastos ultrapassam 1 milhão e 600 mil reais.

 O custo anual do serviço é maior que R$ 19 milhões de reais. Forneck afirma que com a implantação do led esse valor cairia para R$ 6 mihões de reais.

“Nós vamos ter uma economia na manutenção do nosso parque tecnológico em relação a iluminação pública, hoje, Rio Branco gasta só com consumo de energia mais de R$ 1 milhão e 100 mil reais por mês  e nós vamos reduzir esse gasto para R$ 600 mil, portanto, só a economia que vamos ter no consumo vai ser o suficiente para pagar o empréstimo, não iremos tirar um centavo da prefeitura de Rio Branco para pagar o empréstimo”,  concluiu Forneck. 

Pedido de empréstimo da prefeitura é pauta na Câmara

 

Ideia é trocar os 41 mil pontos de iluminação por lâmpadas de led

 

A fim de mudar toda a iluminação pública de Rio Branco, a prefeita Socorro Neri enviou a câmara de vereadores um pedido para autorização de empréstimo no valor de R$ 48 milhões que deve ser realizado na Caixa Econômica Federal.

 

A ideia é trocar os 41 mil pontos de iluminação, entre praças e ruas, por lâmpadas de led. o vereador João Marcos Luz utilizou a tribuna para criticar o valor pedido pela gestora municipal.

 

O parlamentar informou que a oposição não vai aprovar o que é chamado de projeto de eficientização da iluminação pública sugerido pela prefeitura. Ele relatou que é importante melhorar esse setor, mas com recursos próprios.

 

“Nós defendemos uma cidade iluminada, não pode ficar no escuro, mais R$ 48 milhões para comprar lâmpadas de led é muito dinheiro, nós achamos, inclusive, que é possível que o poder público dentro de um planejamento em médio prazo com recurso próprio consiga fazer as substituições, por isso, nós votaremos contra esse projeto do executivo”, disse o vereador (MDB), João Marcos Luz.

 

 

Rodrigo Forneck, líder da prefeita na câmara e presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) assegurou que esse pedido deve ser votado antes do recesso parlamentar, que ocorre até a próxima semana. O vereador informou que atualmente a prefeitura arrecada cerca de 1 milhão e 300 mil do consumidor com a iluminação pública, mas os gastos ultrapassam 1 milhão e 600 mil reais.

 

O custo anual do serviço é maior que R$ 19 milhões de reais. Forneck afirma que com a implantação do led esse valor cairia para R$ 6 mihões de reais.

 

“Nós vamos ter uma economia na manutenção do nosso parque tecnológico em relação a iluminação pública, hoje, Rio Branco gasta só com consumo de energia mais de R$ 1 milhão e 100 mil reais por mês  e nós vamos reduzir esse gasto para R$ 600 mil, portanto, só a economia que vamos ter no consumo vai ser o suficiente para pagar o empréstimo, não iremos tirar um centavo da prefeitura de Rio Branco para pagar o empréstimo”,  concluiu Forneck.

agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081



Fique Conectado