Política

Ponte que liga Rondônia ao Acre só deve ser concluída ano que vem

Será necessária ainda a conclusão das duas cabeceiras

Com um gasto de mais de 130 milhões de reais, durante cinco, anos a ponte que liga Rondônia ao Acre parece que agora chega à sua etapa final, mas para que 100% da obra seja liberada para passagem de veículos e pedestres, será necessário ainda a conclusão das suas cabeceiras da ponte.

Os projetos já foram levados a Brasília, porém, mesmo com a liberação de recursos a previsão de término total da obra é apenas para o ano que vem.

Na cabeceira do lado do Acre, a terraplenagem deve terminar em agosto, após isso, irá ficar faltando apenas o asfalto. Já do lado de Rondônia, as duas alternativas estão sendo analisadas. A primeira é a construção de um aterro na cabeceira da ponte de mais de 1000 mil metros, já que o terreno no local não suportaria uma terraplanagem e nem uma nova cheia do rio madeira, o que deixaria a ponte isolada. A segunda alternativa é o aumento da exceção da ponte, em mais de 430 metros.

Segundo informações, o que falta é a liberação dos recursos que podem ultrapassar os 15 milhões de reais. Ate que seja concluída a obra, quem precisa ir para o Acre, Bolívia ou Peru, tem que ter paciência e enfrentar longas filas de espera. Como o Médico, Jorge Cortez que reclama da demora em fazer o percurso. “O deslocamento com a ponte seria muito mais rápido, eu gasto atualmente quase uma hora para fazer o percurso, imagina fazer o mesmo em alguns minutos” .