Política

MP aponta que lixão de Sena Madureira é o pior do estado

Prefeitura tem 30 dias para fazer adequações

Dia 25 de julho o Ministério Público do Acre assinou um termo de ajustamento de conduta juntamente com o prefeito e secretários do município de Sena Madureira. O objetivo é fazer com que o município avance na implementação da Política Nacional Resíduos Sólidos.

Segundo um ranking feito pelo MP, as condições do lixão de Sena é uma das piores do estado.

A procuradora de Justiça Rita de Cássia Nogueira Lima, que participou da visita ao lixão de Sena Madureira, disse que a situação do local é bastante precária. “Uma fonte grave de poluição ambiental, afetando a saúde e segurança dos moradores, além de ocasionar poluição aos recursos hídricos e ao solo.”

Outro problema encontrado no local, segundo a procuradora, é a falta de vigilância, apesar de haver uma guarita, as pessoas têm acesso livre ao lixão. “No momento da visita, inclusive, nós presenciamos três indígenas catando lixo e presenciamos ainda um motociclista que chegou lá no horário sem sofrer nenhum constrangimento, então na verdade não estava havendo vigilância como deveria haver.”

A partir de agora, a prefeitura tem 30 dias para fazer algumas adequações no lixão.