Sábado, 24 de Agosto de 2019
Você está aqui: Home Política Lei contra violência obstétrica é sancionada em Rio Branco

Política

Lei contra violência obstétrica é sancionada em Rio Branco

Medida garante atendimento humanizado às gestantes

Com o objetivo de dar mais garantias e segurança a saúde das mulheres grávidas, a prefeita Socorro Neri sancionou a lei contra a violência obstétrica. O decreto foi aprovado na câmara de vereadores e proporciona um atendimento mais humanizado nas unidades, seja no pré-natal, no parto ou até mesmo no pós-parto.

A violência obstétrica é a prática de procedimentos e condutas que desrespeitem e agridam a mulher na hora da gestação. Na prática, se considera os atos agressivos tanto de forma psicológica quanto física.

“Em Rio Branco nós já fazemos o que determina a lei, agora vamos apenas reforçar o acompanhamento, os cuidados e as informações necessárias para mulheres grávidas”, afirma a prefeita, Socorro Neri.

A lei foi uma indicação do ministério público e dispõe sobre a implantação de medidas de informação e proteção à gestante e parturiente contra a violência obstétrica em Rio Branco. Se alguma paciente se sentir prejudicada durante este período deve procurar ajuda.

Grávida do seu segundo filho, dona Ivane Mourão agora conta com a proteção da lei para ter uma gestação e parto mais tranquilos. ela explica que não recebeu atendimento adequado nas unidades de saúde na primeira gravidez.

“Há 20 anos eu tive um filho que graças a deus está vivo, mas na época eu sofri violência obstétrica, foram muitas humilhações durante o atendimento. Essa é uma lei que beneficia nós mulheres, num momento muito importante de nossas vidas”, relata Ivane.

agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081



Fique Conectado