Domingo, 22 de Setembro de 2019
Você está aqui: Home Política Justiça proíbe greve dos servidores da saúde

Política

Justiça proíbe greve dos servidores da saúde

Multa por descumprimento é de R$15 mil por hora

Nesta quarta-feira (11), o Tribunal de Justiça do Estado do Acre (TJAC) concedeu tutela provisória proibindo os representantes sindicais da saúde em continuar com a greve, iniciada ontem (10).

A decisão da desembargadora Denise Bonfim, tomou como base o pedido do governo, que argumenta a possibilidade de prevalência do direito à saúde e segurança da coletividade sobre o direito de greve dos servidores públicos que atuam em áreas consideradas essenciais.

Deste modo, foi imposta aos órgãos representativos de classe dos servidores públicos da saúde a “obrigação de não fazer, consubstanciada na proibição de levar a efeito greve dos serviços de saúde do Estado do Acre”.

Em caso de descumprimento, fica estabelecida a multa de R$ 15 mil por hora de paralisação, valor fixado em razão da magnitude do interesse público atingido pela eventual resistência dos demandados.

A magistrada determinou, ainda, a intimação dos demandados com urgência, por intermédio do oficial de justiça, servindo a própria decisão como mandado.

agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081



Fique Conectado