Política

Resolução determina proibição de cigarros nos presídios

Medida deve ser estendida a todo o estado

Em resolução publicada esta semana, o Conselho Gestor do Sistema Integrado de Segurança Pública (Consisp) determinou a proibição do consumo de cigarros nas dependências dos estabelecimentos penais do estado.

Em julho deste ano, o Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen) já havia solicitado a suspensão da entrada de cigarros no complexo prisional Francisco de Oliveira Conde.

O documento cita que serão realizadas ações de conscientização, além de programas e metodologias contra o tabagismo.

De acordo com Lucas Gomes, diretor presidente do Iapen, levantamentos apontam que 50% dos apenados possuem, ou já foram acometidos, por doenças relacionadas ao fumo. “A decisão foi tomada em cumprimento à lei federal antifumo, e às recomendações da Organização Mundial da Saúde”, conclui.

Em alguns municípios a proibição já está em vigor, e deve ser estendida para todas as unidades prisionais do estado.