Quinta-Feira, 14 de Novembro de 2019
Você está aqui: Home Política Governo federal amplia proposta de escolas militares no país

Política

Governo federal amplia proposta de escolas militares no país

Acre terá mais 3 projetos implantados no próximo ano

O Governo Federal lançou nessa segunda (5), o Programa Nacional das Escolas Cívico-Militar (PECIM), que tem por meta, criar 216 instituições neste formato nas 27 unidades da federação até 2023.

Em julho, o Governo Federal através do Ministério da Educação (MEC), havia projetado 108 unidades. Com esse anúncio, dobrou a meta com vistas de melhorar os índices de educação por meio de disciplina militar no âmbito do Compromisso Nacional pela Educação Básica.

Até o momento, o Acre tem em funcionamento as Escolas Estadual Militar Dom Pedro II - Unidade Rio Branco e Cruzeiro do Sul, administradas pelos bombeiros e a Tiradentes em Rio Branco, dirigida pela PM.

Na proposta do PECIM para o Estado, serão contempladas as cidades de Cruzeiro do Sul, Senador Guiomard, Brasiléia e Sena Madureira. Esta última, deve ter as obras concluídas no final de dezembro e início do ano letivo em 2020.

Segundo Albernildes Ramos, Coordenador das Escolas e dos projetos de implantação, existem 3 projetos federais que serão implantados no Acre. “Os colégios militares têm como metodologia, inscrição de 50% de alunos filhos de militares e 50% da comunidade, enquanto as Escolas Cívico-Militar, as matrículas são 100% abertas para a comunidade,” explica Ramos.

Entenda o PECIM

O Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares é uma iniciativa do Ministério da Educação, em parceria com o Ministério da Defesa, que apresenta um conceito de gestão nas áreas educacional, didático-pedagógica e administrativa com a participação do corpo docente da escola e apoio dos militares.

agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081



Fique Conectado