Domingo, 15 de Dezembro de 2019
Você está aqui: Home Política Justiça proíbe greve dos servidores da educação

Política

Justiça proíbe greve dos servidores da educação

Descumprimento pode gerar multa de R$ 10 mil ao Sinteac

Os servidores da educação já haviam sinalizado greve que iniciaria a partir de segunda-feira, 2 de Dezembro. O movimento é contrário a aprovação da reforma da Previdência do Acre, aprovada pelos deputados estaduais esta semana.

Adiantado a greve, o Estado recorreu na esfera judicial e conseguiu através do Tribunal de Justiça do Acre a chama “antecipação de tutela”, ou seja, os servidores agora estão proibidos de realizar o movimento, sob risco de o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado do Acre- Sinteac, ser penalizado com multa de R$ 10 mil por hora.

Na decisão, o desembargador Júnior Alberto, justificou que a tutela foi concedida por entender que a educação é um direito garantido através da Constituição.

agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081



Fique Conectado