O Campeão voltou!

Foi isso o que se escutou no estádio O Florestão nesta última quinta. Após derrotar a equipe do Imperador Galvez, conquistando o segundo turno do campeonato estadual, Jogadores do Rio Branco e alguns convidados que acompanhavam a partida da arquibancada, fizeram uma grande festa.

Com uma visível evolução no decorrer da competição, o Estrelão foi subindo de produção jogo a jogo, e apesar de terminar o primeiro turno na quarta colocação, entrando como último classificado para o returno fez os adversários comerem poeira na reta final da competição e não perdeu mais nenhuma partida.

O dono da taça do estadual vai ser conhecido nos próximos dois finais de semana. O Estrelão terá que superar o Humaitá, que foi o campeão do primeiro turno, e que apesar de se desfazer de quase meio time ainda assim manteve um bom futebol. A briga promete ser boa, pois as equipes são sem sombra de dúvidas as duas melhores da competição, e embora o Rio Branco venha embalado pela recente conquista, o Tourão de Porto Acre, pelo que mostrou no confronto contra o Atlético-AC não será um oponente fácil de ser batido nesta decisão. Os jogos prometem!

A conquista do título do Acreanão é realmente muito importante, porém, ser o representante do Acre no Campeonato Brasileiro da Série D, na Copa do Brasil e na Copa Verde em 2022, já pode ser comemorado como um título. A certeza da entrada de recursos, pelo menos só da CB giram em torne de mais de R$ 500 mil, o que, caso seja bem administrado poderá render muito frutos…mas é claro, caso seja bem administrado.

Pois bem, me lembrei aqui de comentarmos a respeito do Galvez e do Atlético-AC. Imperador e Galo, que foram nossos representantes neste ano, estão fora das competições nacionais do ano que vem. E o que isso significa? Significa queda nas arrecadações, as duas equipes, não irão poder contar a alta soma que dispuseram em 2021…teve grana do Governo e da CBF, além do prêmio por participar da CB…no entanto…”…dinheiro na mão é vendaval, é vendaval…” o que restou foi apenas a Copa Verde deste ano, campeonato regional que as equipes do Acre vão entrar na fase eliminatória, perdeu tá fora, e o estadual do ano que vem…que ainda demora um pouco.

Não vai ser fácil. Normalmente, o desmonte começa cedo, entre as equipes que não terão calendário de jogos importantes no ano seguinte, com a saída de seus principais nomes. O que já aconteceu com praticamente todos os times que participaram do estadual no primeiro turno. Com Galvez e Galo não poderia ser diferente. O treinador Célio Ivam, por exemplo, já se despediu, e não vai mais comandar o Imperador. Atletas que se destacaram no Atlético estão sendo avaliados pelo Estrelão e bem possivelmente irão reforçar o Alvirrubro.

São muitos os fatores que fazem um time ser bem sucedido, as variáveis são inúmeras. Mas indiscutivelmente dinheiro é uma das principais. Um planejamento bem feito e a escolha de bons profissionais para compor a comissão, terminam de completar esse tripé de sucesso, mas e aí? Será que vamos ver essa novidade em 2022? Aguardemos. Só nos resta agora torcer para quem quer que seja que irá levar o nome do Acre para fora de nossos muros…Avante Estrelão! Força tourão! E muita, mas muita mesmo… Sorte aos demais.

Tem gente se preparando no vôlei de praia!

Com o aumento de pessoas vacinadas contra covid-19 e a consequente queda nos números de contaminações, mortes e internações por causa da doença, tudo indica que as coisas vão se ajustando novamente. Os treinamentos de praticamente todas as modalidades já estão sendo retomados.

Os atletas da seleção acreana de vôlei de praia masculina e feminina, seguem firmes na preparação para a 3ª etapa do Circuito Amazônia que vai acontecer em Palmas-TO na segunda quinzena de outubro. Os treinamentos estão sendo realizados nas quadras de areia da Associação Atlética do Banco do Brasil (AABB), sob o comando do professor Gil, no masculino, e da professora Erlane, com as meninas.

Brasil mandando no continente!

Os finalistas da Conmebol Libertadores e da Sul-Americana foram conhecidos nesta semana, e pela primeira vez na história da competição quatro times brasileiros vão estar na decisão… na Sul-Americana o Athletico-PR vai fazer a final contra o RB Bragantino. Já na Libertadores, Palmeiras e Flamengo decidem o título…o time Rubro-Negro vem com muita força, e com certeza tem favoritismo diante do Verdão… Mas deixa eu falar baixinho agora… O Atlético também era favorito contra o Palmeiras… hahahah… Brincadeiras cruz-maltinas à parte, vai ser um jogão, mas como meu amigo acreano Weverton joga no Palestra, terei que torcer pra ele, mas só por isso mesmo. Os jogos serão disputados nos dias 20 e 27 de novembro respectivamente, e que vença quem jogar melhor.

Valeu gente! Obrigado por acompanharem nossa coluna e até a próxima. Fiquem bem.

Deixe uma resposta