Esposa de aluguel

Comédia romântica brasileira despretensiosa para o final de semana

Sabe aquelas comédias românticas clichês que sempre caem bem num sábado a noite, com um baldinho de pipoca na manteiga e uns bons goles Coca-Cola geladinha?! “Esposa de Aluguel” é um deles. O filme brasileiro, bastante modesto e sem muitas delongas, é estrelado por Caio castro e Thati Lopes (quem nunca a viu no Porta dos Fundos?!).

Solteirão convicto e um baita bon-vivant, Luis (Caio Castro) mora com a mãe e tem uma verdadeira recusa por relacionamentos duradouros. Ele não desacredita do amor, apenas não quer vivê-lo em sua plenitude (que fala melodramática, não?!) e, justamente por isso, não fica por mais que três meses com suas “namoradas” – e ele deixa isso bem claro quando se envolve.

Um certo dia, diagnosticada com uma doença terminal, a mãe de Luis afirma que vai tirar o filho do testamento caso ele não se case! É nesse momento que a estória começa a se desenrolar. Ele reluta, mas afirma para mãe que assim fará.

Nesse ponto, Lina (Thati Lopes), que já tinha sido apresentada ao telespectador, é contratada por Luis para se passar por noiva deste. Detalhe: o trabalho duraria seis meses (guardem essa informação). Num momento difícil por falta de grana, a atriz (que faz papel de atriz no filme) aceita.

A partir daqui, todo mundo já sabe o final do filme. Mas os meios, justificados pelo fim, valem muito a pena serem conferidos. O nascimento de uma paixão, a vontade de estar junto do outro mesmo em meio às loucuras da vida (olha o melodrama aqui de novo) e um palavrãozinho aqui e acolá dão o embalo certinho para essa obra despretensiosa e nada rebuscada, mas que confere ao público a proposta de um entretenimento desopilador (neologismo, será?!) de mentes cansadas após uma semana cheia de perrengues nada chiques.

O filme está disponível na Netflix. Bora assistir?!

Texto escrito por Camila Holsbach, jornalista pela Ufac e editora chefe do programa Gazeta Alerta

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*